Linha de Crédito de 2000 Milhões de Dólares a Angola Concedida Pelo Brasil

O Brasil acordou com Angola a concessão de uma linha de crédito até dois mil milhões de dólares, tendo o respectivo memorando de entendimento sido assinado pelos ministros das Finanças de Angola, Archer Mangueira e das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes, que efectuou uma visita a Luanda.

O comunicado divulgado pelo Ministério das Finanças de Angola precisa que o governo do Brasil concedeu a cobertura do seguro de crédito à exportação ao abrigo do Fundo de Garantia à Exportação e de apoio de equalização de taxas de juros com recurso do Programa de Financiamento as Exportações brasileiras (Proex) de bens e serviços até dois mil milhões de dólares.


Presidente da República Angolana Preocupado Com “Escola Fantasma”

O Presidente da República, João Lourenço, esteve ontem, desde as primeiras horas do dia, a passar a ‘pente fino’ o estado de diferentes obras e infraestruturas sociais da província de Luanda. No Zango, na zona da Vida Pacífica, o Chefe de Estado, na sua primeira deslocação de constatação, visitou uma cresce e um complexo escolar com mais de 134 salas “exposta às moscas” por motivos não revelados pela construtora SINFIC e pela Direcção Provincial da Educação, liderada por André Soma. A obra está concluída há anos. “A escola ainda não foi entregue ao Estado. 


Emirado Árabes Unidos Vai Ajudar Angola no Processo de Repatriamento de Capitais

O Emirado Árabes Unidos está disponível para cooperar com Angola no processo de repatriamento de capitais, manifestou ontem, em Luanda, o ministro de Estado daquele país do Médio Oriente, Sultan Al Jabar, durante uma conferência de imprensa que marcou o final da sua visita ao país, logo à saída da assinatura de um acordo relativo à dupla tributação.

Sultan Al Jabar disse que “o repatriamento de capitais é uma outra área importante em que o Emirado Árabes Unidos deverá cooperar com o Banco Nacional de Angola (BNA), no sentido de se identificarem soluções e mecanismos para permitir essa repatriação”.


É Fundamental o Estreitamento dos Vínculos Entre Angolanos e Portugueses Considerou a Ministra da Cultura Angolana

A ministra da Cultura, Carolina Cerqueira, considerou fundamental o estreitamento dos vínculos entre angolanos e portugueses no âmbito cultural, cada um preservando a sua identidade enquanto falantes de língua portuguesa.

A governante, que falava na cerimónia de inauguração da exposição colectiva Artes Mirabilis que contou, entre outros, com a presença do Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa e do embaixador angolano, Marcos Barrica, apelou ao respeito pela diversidade de cada um dos países, através da qual emerge a sua riqueza. Carolina Cerqueira asseverou que os laços que unem os países lusófonos são marcados por séculos de história .

O PAÍS

 


Suprimidos os Vistos Entre Angolanos e Moçambicanos

Os cidadãos de Moçambique e Angola que viajem para fins de turismo, visitas familiares e de férias entre os dois países não necessitarão de visto a partir do próximo dia 15 de Fevereiro.

A informação foi avançada, quinta-feira (8), pela porta-voz do Serviço Nacional de Migração de Moçambique em conferência de imprensa em Maputo, informa a rádio VOA.

“Este acordo abrange os passaportes normais, porque os passaportes de serviço e diplomático já estavam abrangidos”, revelou Cira Fernandes, lembrando que o prazo de permanência dos abrangidos nos respectivos países é de, no máximo, 30 dias.

África 21 Digital

 

 


Aumentaram Quase 35% em 2017 as Exportações de Portugal Para a China

Portugal exportou para a China produtos no valor de 2.128 milhões de dólares em 2017, um crescimento de 34,69%, num ano em que as trocas comerciais entre os dois países desceram 0,17%, foi hoje divulgado. Entre os países lusófonos, o Brasil é o principal parceiro comercial da China, seguido de Angola.

Dados oficiais publicados no portal do Fórum Macau e com base nas estatísticas dos Serviços de Alfândega chineses, Lisboa vendeu a Pequim produtos no valor de 2.128 milhões de dólares (cerca de 1,7 mil milhões de euros), enquanto da China chegaram produtos no valor de 3.480 milhões de dólares. O Brasil é o principal parceiro da China no âmbito do bloco lusófono, tendo registado trocas comerciais de 87.534 milhões de dólares, seguido de Angola.


Escola Ngola Mbandi em Luanda Com Condições Que São um Atentado Contra a Saúde

Foto de Maria Augusta|Edições Novembro

Há um rabisco  robusto e serpenteado  no meio do quadro. Tem a cor castanha, pelo que se descarta que seja desenhado com giz. Mas, sim, com fezes. À semelhança desta sala da escola do ensino secundário do I ciclo Ngola Mbandi, todas as outras são difíceis de serem divisadas os números. Estão sem portas, sem carteiras.

Fixamo-nos no meio da porta já sem as dobradiças. À direita e debaixo do quadro observam-se dejectos humanos, ainda húmidos. À esquerda, uns três “montes” já em decomposição.
As salas da ala direita dão uma ampla vista do quintal, dividido  entre transeuntes e viaturas em circulação. O muro da rampa é baixo, medindo  pouco mais de um metro. Os marginais penetram por esta e outras vias para o interior com um único objectivo: vandalizar a escola.


Marcelo Rebelo de Sousa Diz Que Angola e Portugal Estão Condenados a Ficar Juntos Para Sempre

O Presidente de Portugal já tomou conhecimento da carta que Angola enviou à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa sobre o caso do ex-vice-Presidente angolano Manuel Vicente

Presidente da República afirmou esta quarta-feira ter tido conhecimento da carta que Angola enviou à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) sobre o caso do ex-vice-Presidente angolano Manuel Vicente e reafirmou o bom relacionamento entre os dois países.


Previsto Para Este Ano o Início a Segunda Fase da Modernização do Porto do Namibe

A segunda fase do projecto de modernização do Porto do Namibe, com início previsto para este ano, contempla a reabilitação de 240 metros de cais e a pavimentação do parque de contentores existente.

Uma delegação do Ministério dos Transportes, encabeçada pelo director-geral do Instituto Marítimo e Portuário de Angola (IMPA), Victor Alexandre de Carvalho, trabalhou durante cinco dias (29 de Janeiro a 02 de Fevereiro) em Tóquio, República do Japão, com o objetivo de fazer o acompanhamento da abertura da proposta de preço e a adjudicação da empreiteira japonesa, TOA Corporation, selecionada por concurso público, para executar os trabalhos, com início previsto para o mês de Março de 2018, no recinto portuário, em Moçâmedes, província do Namibe.


Angola Deve a Portugal Por Tratamentos Médicos a Angolanos Cerca de 5 Milhões de Euros

A dívida de Angola com tratamento médico de cidadãos angolanos em Portugal ronda os cinco milhões de euros, anunciou o embaixador angolano em Lisboa. Marcos Barrica disse que, por essa razão, os doentes em tratamento em Portugal passam por dificuldades.

“Há dificuldades reconhecidas, que não são novas, periodicamente temos vindo a reportar e estamos a acompanhar. Há dificuldades temos que reconhecer isso”, afirmou Marcos Barrica, em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA).