Determinação de Angola em Aderir à Zona de Comércio Livre da ZCLCA

Ministro do comércio, Jofre Van-Dúnem, está em Adis-Abeba, Etiópia, onde assegurou que o órgão que dirige já desenvolveu todo o trabalho técnico, estando neste momento a adesão à Zona de Comércio Livre da SADC dependente do Ministério das Relações Exteriores e da Assembleia Nacional.

Angola poderá, dentro em breve, depositar os seus instrumentos de ratificação do Acordo da Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA), afirmou ontem em Adis-Abeba, Etiópia, o ministro do comércio angolano, Jofre Van-Dúnem Júnior.

De acordo com o governante, tecnicamente o dossiê está pronto, mas precisa da aprovação da Assembleia Nacional para o depósito dos respectivos instrumentos de ratificação.

“O Ministério do Comércio fez todo o trabalho técnico, estando, neste momento, o dossiê a seguir os seus tramites a nível do Ministério das Relações Exteriores”, sublinhou o governante angolano, que participou de 7 a 8 deste mês na 8ª Reunião dos Ministros do Comércio da União Africana (AMOT), que se realizou na capital etíope.

Segundo uma nota dos Serviços de Imprensa da Embaixada angolana na Etiópia, citada pela Angop, essa reunião visou preparar a Cimeira de Niamey (Níger), na qual será lançada, oficialmente, a Zona de Comércio Livre Continental Africana.