Falta de Chuva Mata Mais de 1700 Cabeças de Gado na Província de Benguela

Nos últimos dois meses cerca de 1732 cabeças de gado bovino morreram  no município de Caimbambo na província de Benguela devido à seca, deixando assim empobrecidas e com muitas dificuldades, centenas de famílias camponesas.

Em 2013, 80 por cento do cultivo de várias sementes agrícola secou devido à falta de chuva, e mais de 12 mil famílias foram afectadas pela estiagem.


No Sumbe a Falta de Água e de Capim Verde Pode Levar à Morte 25.000 Cabeças de Gado

Estima-se que perto de vinte e cinco mil bovinos, caprinos e ovinos poderão morrer por falta de água e de capim verde para o pasto no município do Sumbe, provincia do Cuanza Sul, informaram hoje criadores da região.

Criadores disseram à Angop que a região está sendo assolada pela seca desde Setembro deste ano, que está a dificultar a actividade .


Milhares de Famílias no Huambo Afectadas Pela Seca

Foto Rede AngolaA província Huambo está a viver um período de seca que só nas últimas semanas já afectou mais de 2.000 famílias camponesas, anunciaram hoje as autoridades locais.


Chuva com Abundância Durante a Passagem de Ano na Província do Cunene Que Sofria uma Seca Há 3 Anos

A província do Cunene, que sofria há três anos de uma forte seca, teve chuva em abundância durante a passagem de ano. Uma bênção e sinal de um ano de 2017 de muitas realizações.


No Lubango Há Necessidade de Construção de Barragens Para Combater a Seca no Sul de Angola

Cunene-Foto: José Cachiva/Angopcunene_O governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, defendeu nesta segunda, no Lubango, a necessidade da construção de barragens com capacidades de reter água para consumo humano, criação de gado, agricultura e combater a seca na região sul de Angola.

O governador, que falava segunda-feira, no Lubango, num encontro que reuniu autoridades da Huíla, Namibe e Cunene para encontrar soluções aos problemas da seca na região, afirmou que a seca é um fenómeno cíclico e esta é uma solução que vai beneficiar as comunidades em períodos de seca ou estiagem, quantidades suficientes de água para o consumo humano, o abeberamento de gado e  produção de pastos, assim como para desenvolver a agricultura, no sistema de regadio.