Investimento Estrangeiro no Comércio Só Acima dos 5 Milhões de Euros Disse 1º Ministro de São Tomé

“Nós somos um país aberto, mas a nível do comércio, nós vamos fechar o comércio aos estrangeiros a não ser que o investimento seja de um certo nível (mais de 5 milhões de euros), essa é a nossa decisão”, disse o primeiro-ministro Patrice Trovoada.


Banco Mundial e Banco Europeu Disponibilizam 29 Milhões de Dólares a S.Tomé e Príncipe Para Fontes de Energia Renováveis

sao_tome_principeBanco Mundial e Banco Europeu disponibilizam 29 milhões de dólares, para diversificar as fontes de energia renováveis e melhorar o sistema de fornecimento de electricidade à população santomense.

As fontes renováveis de energia e o fornecimento de electricidade serão melhorados em São Tomé e Príncipe, através do financiamento de 29 milhões de dólares, sendo 16 do Banco Mundial e 13 do Banco Europeu de Investimento.


Eleito o Novo Presidente de São Tomé, é Evaristo Carvalho Tem 75 Anos e Pai de 25 Filhos

Evaristo_Carvalho_Evaristo Carvalho foi eleito à primeira volta Presidente de São Tomé e Príncipe e já promete “coligação” com o partido no poder – que é o seu partido. Apoiante desde sempre da família Trovoada, Evaristo Carvalho chegou no domingo à Presidência de São Tomé e Príncipe, com uma vitória na primeira volta nas eleições.

 Aos 75 anos e pai de 25 filhos, Evaristo Carvalho é um histórico da política são-tomense, tendo sido, por duas ocasiões, primeiro-ministro em governos de iniciativa presidencial, com o apoio de Miguel Trovoada (o primeiro Presidente democraticamente eleito) e depois através do seu filho, Patrice Trovoada, quando este decidiu concorrer às Presidenciais de há dez anos.


A Companhia Aérea Nacional de São Tomé e Príncipe, STP Airways, Anuncia Novo Voo

stp-airwaysA companhia aérea nacional de São Tomé e Príncipe, STP Airways, anunciou, quinta-feira (30), o lançamento de um segundo voo semanal na rota Lisboa-São Tomé-Lisboa a partir de 02 de agosto deste ano.


Risco de Super Endividamento Para São Tomé e Príncipe

sao_tome_004Um estudo do Tesouro francês coloca São Tomé e Príncipe numa lista de sete países africanos que no final de 2015 se encontravam em risco de “sobreendividamento elevado”.

Nesse lote de países, que surgem no estudo, citado pela agência France Presse (AFP), encontram-se ainda o Burundi, os Camarões, o Chade, o Gana, a Mauritânia e a República Centro Africana.