No Primeiro Semestre Deste Ano as Remessas dos Emigrantes Portugueses em Angola Ultrapassaram 91 Milhões de Euros

As remessas de emigrantes portugueses a trabalhar em Angola cresceram 3,8% no primeiro semestre de 2019, para 91,82 milhões de euros, de acordo com dados divulgados pelo Banco de Portugal.

Segundo o regulador bancário, as remessas enviadas por portugueses a trabalhar em Angola passaram de 88,48 milhões de euros, no primeiro semestre de 2018, para 91,82 milhões no mesmo período deste ano, representando um crescimento de 3,77%.

Em consequência, as remessas dos portugueses a trabalhar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) aumentaram 2,5% durante os primeiros seis meses do ano, para 95,87 milhões de euros.

Em sentido inverso, também se registou um aumento das verbas enviadas para Angola pelos imigrantes em Portugal, que passaram de 5,06 milhões de euros no primeiro semestre do ano passado para 5,36 milhões de euros, no mesmo período deste ano


Português Assassinado Hoje em Angola o Quarto em Dois Meses e Meio

O português, de 41 anos, natural de Montalvo, concelho de Constância (Santarém), que apareceu morto dentro da viatura num arruamento em Belas, Luanda Sul, é o quarto cidadão português assassinado desde Fevereiro deste ano e o terceiro no mês em curso.

Um cidadão português foi assassinado na terça-feira à noite em Luanda, baleado com dois tiros na sequência de um assalto perpetrado alegadamente por duas pessoas que se faziam transportar numa motorizada, disse hoje à agência Lusa fonte oficial.

De acordo com o DN que cita a Agência portuguesa, Rui Vareta Machado, director financeiro da empresa Rojual – Gestão de Projectos, onde a vítima trabalhava, mostrou-se chocado com a situação e confirmou à Lusa o assalto seguido de assassínio, afirmando desconhecer mais pormenores, uma vez que está a aguardar por um relatório da Polícia Nacional (PN) angolana, que já está a investigar o incidente.

Só depois, prosseguiu, é que se tratará dos procedimentos para trasladar o corpo para Portugal, onde será sepultado.

Contactada pela Lusa, fonte policial angolana confirmou o homicídio, mas não adiantou pormenores.


Em Fevereiro as Remessas dos Portugueses a Trabalhar em Angola Aumentaram 19,4%

De acordo com os dados do Banco de Portugal, os emigrantes em Angola enviaram 10,69 milhões de euros, o que representa uma subida de 19,4% face aos 8,95 milhões enviados em fevereiro do ano passado.

Em sentido inverso, os angolanos em Portugal enviaram para o seu país 970 mil euros, o que representa uma subida de 29,3% face aos 750 mil euros enviados no mesmo mês do ano anterior.

No total, as remessas subiram 7,4% em fevereiro, ultrapassando 300 milhões de euros, ao passo que as verbas enviadas pelos estrangeiros a trabalhar em Portugal desceram 10,1%, para 38,3 milhões, nesse mês.

Os portugueses a trabalhar no estrangeiro enviaram 300,4 milhões de euros em fevereiro, o que representa uma subida de 7,4% face aos 279,6 milhões enviados em fevereiro do ano passado.