Instituto Para o Estudo, Conservação e Protecção da Palanca Negra Gigante a Criar Pelo Governo Angolano

O Governo angolano vai criar um instituto para o estudo, gestão, conservação e protecção da Palanca Negra Gigante, que deverá ser construído na província de Malange.


1ºRelatório Deste Ano “Defesa da Palanca Negra Gigante”, Fotos Captadas por Drone

 

 

Trabalho do Dr.Pedro Vaz Pinto, Relatório Palanca Outubro 2016 – Maio 2017

 Caros amigos,

Este relatório já era devido há muito, e penitencio-me pelo atraso nas comunicações. Pretendo compensar o tempo perdido e colocar os dados em dia para o restante do ano de 2017. De todas as formas, aqui vai uma actualização relativa aos últimos meses.


O Dia a Dia em Cangandala Para Assegurar a Continuidade da Palanca Negra Gigante. Completa Reportagem Fotográfica

47_perfil-de-macho

Trabalho do Dr.Pedro Vaz Pinto, sobre a defesa da Palanca Negra Gigante/Composição AngolaBela

Relatório Palanca 3º Trimestre 2016

Caros amigos,

Esta newsletter referente ao terceiro trimestre na realidade reporta a Julho e Agosto, já que Setembro será transferido para o quarto trimestre. Entre Julho e Agosto levámos a cabo um ambicioso censo aéreo e operação de captura no Luando e Cangandala, e isto apenas mais do que justifica este relatório. Esta operação já vinha a ser planeada há vários meses e apenas foi possível concretizar com apoio específico internacional recebido da Fondatión Segré e da ExxonMobil Foundation, juntando aos financiamentos locais dos quais se destacam como principais contribuintes actuais a Sonangol e a Angola LNG.


Palancas Negras Não Morreram por Caça Furtiva mas Sim Por Velhice, Informam Autoridades Angolanas

53_Um macho de 1 anoAs autoridades angolanas confirmam que foram encontradas mortas em Malanje palancas negras gigantes, espécie que só existe no país e que está em risco de extinção, mas rejeitaram que tenha sido por acção de caçadores furtivos.

A posição foi assumida ontem, em comunicado enviado à Lusa pelo Instituto Nacional de Biodiversidade e Áreas de Conservação (INBAC), reagindo às recentes notícias da imprensa local dando conta de que oito palancas negras gigantes tinham sido abatidas por caçadores no Parque Nacional de Cangandala e na Reserva Integral do Luando.


Na Província de Malanje Foram Abatidas por Caçadores Furtivos Oito Palancas Negras Gigantes

palanca_negra_giganteOito palancas negras gigantes, espécie que apenas vive em Angola, com menos de 200 exemplares, foram encontradas mortas pelas autoridades na província de Malanje, abatidas nos últimos dias por caçadores furtivos.

De acordo com informação transmitida hoje pelas autoridades angolanas, os antílopes foram mortos no Parque Nacional de Cangandala e na Reserva Nacional Integral do Luando, no município de Luquembo, também em Malanje.