Investimento de 10 Biliões de Kwanzas em Energia e Águas na Matala

Dez biliões de kwanzas poderão ser investidos, nos próximos cinco anos, em diversos sectores da vida social e económica do município da Matala, a fim de desenvolver a localidade e melhorar a qualidade de vida dos mais de 243 mil habitantes da circunscrição.


Ambicioso Projecto para a Produção de Arroz em Grande Escala no Município da Matala

Para a produção de arroz, cujos estudos de solos está em curso, a administração da Matala já disponibilizou 514 hectares de terras aráveis


Sociedade de Desenvolvimento da Matala

A reactivação de algumas unidades fabris do pólo industrial da Matala, no leste da Huíla, prevista para este ano, vai incentivar os agricultores locais a aumentarem e diversificarem a produção, afirmou na quinta-feira o administrador municipal, Miguel Vicente.
Segundo ele, estão em recuperação a fábrica de transformação de tomate na comuna de Capelongo e as moagens de farinha de milho e trigo na sede municipal, projectos de investimento privado.
“A entrada em actividade destas moagens vai incentivar os agricultores a aumentarem a sua produção, pois a colheita vai ser absorvida por esta indústria, que surge como solução para os principais centros de produção de cereais e tomate, que carecem de mercado de escoamento”, referiu.
O pólo de desenvolvimento industrial da Matala integra mais de seis unidades fabris e tem em perspectiva a construção de outras ligadas à transformação de frutos, nas comunas de Freichel, Capelongo e na sede do município, no âmbito do programa de expansão e desenvolvimento económico da província da Huíla.
No ano passado, previa-se que a fábrica de concentrado de tomate e o complexo de frio naquela altura edificados no município fossem atingir uma facturação de 107 milhões de kwanzas (1,1 milhões de dólares), de acordo com um relatório da direcção da Sociedade de Desenvolvimento da Matala.
Apesar de não mencionar qual a produção daquelas unidades fabris, o relatório indicava que, no ano passado, só a facturação da fábrica de tomate se ia situar em 20 milhões de kwanzas. A Sociedade de Desenvolvimento da Matala foi criada para gerir o perímetro irrigado com mais de sete mil hectares de terra arável, e desenvolver acções que visam a instalação de uma componente industrial para a transformação dos produtos locais. O município da Matala está localizado a 180 quilómetros a leste do Lubango e desenvolve, essencialmente, actividades económicas do domínio da agricultura e pesca.

Jornal de Angola