7,5 Mil Toneladas de Sucata Acumuladas em Órbita da Terra

Em 60 anos de atividade espacial, mais de 5 mil lançamentos de foguetes fizeram com que a órbita da Terra ficasse repleta de dejectos

No início de Abril, a estação espacial chinesa Tiangong-1 – que pesava 8,5 toneladas e estava fora de controle e inoperante desde 2006 – caiu no Oceano Pacífico, chamando a atenção do mundo para a questão da sucata espacial. Mas, segundo estudos feitos pela Agência Espacial Europeia (ESA), o problema é bem mais grave do que a queda de um módulo: a quantidade de lixo aumentou consideravelmente nos últimos anos, deixando o espaço orbital da Terra cada vez mais próximo do limite de saturação.

Em 60 anos de actividade espacial, mais de 5 mil lançamentos de foguetes fizeram com que a órbita da Terra ficasse repleta de dejectos. A ESA estima que satélites inoperantes, partes de foguetes, peças de espaço-naves e pedaços de objectos relacionados a missões espaciais já somam 7,5 mil toneladas de lixo orbital.

Esses detritos viajam em torno da Terra em velocidades alucinantes, que podem passar dos 28 mil quilómetros por hora. Nessas condições, a colisão de um pequeno parafuso com um satélite pode ter o efeito de um tiro de canhão.


Crise de Saneamento Básico Afoga Benguela em Lixo

O Governo de Benguela anunciou, por via do Gabinete Provincial do Ambiente e Gestão de Resíduos Sólidos, que vai deixar de trabalhar com as empresas de recolha de resíduos sólidos, passando a actividade para a alçada das administrações municipais

A província de Benguela vive uma crise de saneamento básico nunca antes vista. A falta de regularidade na recolha de resíduos sólidos, fruto da dívida do Governo para com as operadoras, na ordem dos 16 mil milhões de kwanzas, é apontada como causa do actual quadro. As quatro cidades do litoral de Benguela (Benguela, Lobito, Baia- Farta e Catumbela) registam um amontoado de lixo bastante significativo, facto que preocupa os munícipes que pedem a definição de estratégias para se inverter o quadro, temendo contrair doenças decorrentes do débil saneamento básico.

Para o presente exercício económico, soube OPAÍS, Benguela deverá, do ponto de vista nominal, contar com um orçamento de 80 mil milhões de kwanzas e prevê, já para os próximos dias, a presentação pública do mesmo. Para as despesas pontuais, a província recebeu, no princípio do ano, segundo uma fonte, uma parcela orçamental do Governo Central na ordem dos 16 mil milhões de kwanzas, mas este valor ficou muito aquém do desejado.


O Município do Cazenga em Luanda Depois das Chuvadas Está Embelezado com Águas Estagnadas e Montanhas de Lixo

As chuvas dos últimos dias deram lugar, no Cazenga, em Luanda, a poças de águas imundas e a enormes amontoados de lixo, cenário comprovado pelo Novo Jornal Online nos arredores daquele município, mas que é uma realidade que atravessa uma boa parte dos bairros de Luanda. A presença de jornalistas chamou a atenção do administrador municipal do Cazenga, que esteve no local e viu com os seus olhos um cenário degradante.

O cenário já não é novo, pois todos os anos os habitantes da capital convivem com esta realidade que a chuva deixa a descoberto.


Junto ao Porto Pesqueiro de Luanda Considerado em Situação Ambiental Catastrófica

A situação ambiental das zonas envolventes ao Porto Pesqueiro de Luanda é considerada “catastrófica” num estudo apresentando hoje que sugere uma maior fiscalização e a educação ambiental da comunidade.

 Os resultados são apontados pelo Plano de Gestão Ambiental do Porto Pesqueiro, estudo realizado pela empresa de electrodomésticos e limpeza (ECOSEL), em colaboração com a Empresa Portuária de Pesca de Angola (PESCANGOLA), instituição pública gestora do Porto Pesqueiro de Luanda, documento apresentado hoje na capital angolana.


Enormes Quantidades de Lixo nas Praias do Cacuaco Não Afastam os Banhistas da Área

As enormes quantidades de lixo que se acumulam na orla marítima do município de Cacuaco, arredores de Luanda, não afastam os banhistas da área, com as autoridades a justificarem que os detritos são provenientes das valas de drenagem.