Junto ao Porto Pesqueiro de Luanda Considerado em Situação Ambiental Catastrófica

A situação ambiental das zonas envolventes ao Porto Pesqueiro de Luanda é considerada “catastrófica” num estudo apresentando hoje que sugere uma maior fiscalização e a educação ambiental da comunidade.

 Os resultados são apontados pelo Plano de Gestão Ambiental do Porto Pesqueiro, estudo realizado pela empresa de electrodomésticos e limpeza (ECOSEL), em colaboração com a Empresa Portuária de Pesca de Angola (PESCANGOLA), instituição pública gestora do Porto Pesqueiro de Luanda, documento apresentado hoje na capital angolana.


Enormes Quantidades de Lixo nas Praias do Cacuaco Não Afastam os Banhistas da Área

As enormes quantidades de lixo que se acumulam na orla marítima do município de Cacuaco, arredores de Luanda, não afastam os banhistas da área, com as autoridades a justificarem que os detritos são provenientes das valas de drenagem.


Combate à Defecação ao ar Livre em Angola Recuou Desde 2014 por Falta de Financiamento

bairros_degradadosO programa governamental de combate à defecação ao ar livre em Angola recuou desde 2014 por falta de sustentabilidade, com 60 das 229 aldeias declaradas livres do problema a regressarem aos velhos hábitos.

O projeto “Saneamento Total Liderado pela Comunidade” (STLC) começou a ser aplicado em 2008, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), União Europeia e Cooperação Espanhola, e visava alterar comportamentos para promover a higiene básica e evitar a propagação de doenças.


Cerca de 11 Mil Pessoas nas Últimas 3 Semanas, Recolheram em Luanda 20 Mil Toneladas de Lixo

*

A campanha colectiva de recolha de lixo, iniciada no passado dia 20 de Março em Luanda, mobilizou, nas últimas três semanas, cerca de 11 mil pessoas e removeu 20 mil toneladas de resíduos, adiantou o secretário do Estado do Interior, Eugénio Laborinho.

Segundo o governante, em declarações à TPA, os objectivos traçados pelo Executivo, de recolha do lixo acumulado na capital em 45 dias, estão a ser alcançados.


Estabelecido Um Prazo de 45 Dias Para Retirar Todo o Lixo da Cidade de Luanda

luanda_00É o objetivo de uma campanha de recolha de resíduos a decorrer na capital de Angola. Iniciativa envolve a polícia, bombeiros, associações e igrejas. Habitantes duvidam que seja possível cumprir o prazo.

A campanha de recolha de lixo, que arrancou a 19 de março, é uma iniciativa da Comissão para a Limpeza e Recolha de Resíduos Sólidos criada pelo Presidente angolano, José Eduardo dos Santos. O objetivo é acabar com o lixo acumulado nas ruas, fonte de doenças como a febre-amarela, a diarreia e a malária.