Marcado Para 22 de Janeiro em Portugal o Início do Julgamento Que Envolve Manuel Vicente

A Ordem dos Advogados  de Portugal nomeou Carla Marinho advogada oficiosa de defesa do ex-procurador do Ministério Público Orlando Figueira no julgamento do processo ‘Operação Fizz’, no qual é indiciado por corrupção e branqueamento de capitais. Entre outros acusados no processo está o vice-presidente da República de Angola, Manuel Vicente, atual parlamentar, eleito pelo MPLA, partido no poder.


O Processo de Manuel Vicente Deve de Ser Tratado na Justiça Angolana por Exigência de Angola

O chefe da diplomacia angolana prestou estas declarações à imprensa, no aeroporto internacional 04 de Fevereiro, em Luanda, à chegada de Abidjan, Costa do Marfim, onde participou na 5.ª cimeira União Europeia – União Africana, acompanhando o Presidente angolano, João Lourenço, tendo alertado que Angola não está à procura de “briga”, mas que não vai fugir dela, para defender a soberania e dignidade do país.


General Angolano Condenado Pelo Tribunal de Luanda a Restituir Imediatamente a Posse de Dois Complexos Habitacionais,

O Tribunal Provincial de Luanda (TPL) condenou o general António Francisco de Andrade a restituir imediatamente a posse de dois complexos habitacionais, na ilha de Luanda, com mais de 60 apartamentos, reivindicados pela companhia americana Africa Growth Corporation (AFGC).  O ex-governador de Luanda, general Higino Carneiro, e o procurador-geral da República, general João Maria de Sousa, também estão envolvidos no processo.


Suposta Tentativa de Assalto ao Palácio Presidencial Vai Ser Julgado Pelo Tribunal Angolano

ANGOLA - PALACIO PRESIDENCIAL

O Tribunal Provincial de Luanda começa a julgar na sexta-feira 37 cidadãos acusados de uma suposta tentativa de assalto ao Palácio Presidencial e outras instituições públicas, em janeiro último. O processo foi mantido até agora em segredo para “evitar o pânico e especulações desnecessárias entre a população”, segundo o Ministério Público.


Lei de Amnistia Angolana Poderá dar a Liberdade a Mais de Cinco Mil Reclusos

prisaoUma lista com nomes de condenados e detidos foi entregue nos tribunais e procuradorias provinciais

Os Serviços Penitenciários entregaram nos tribunais uma lista com os nomes de mais de cinco mil reclusos, entre condenados e detidos, em condições de beneficiarem da Lei de Amnistia, publicada em 12 de Agosto.