Setenta mil professores é a cifra que o país necessita para cobertura total do sector, adequando assim o rácio professores/alunos aos números aceitáveis, para a melhoria do ensino e aprendizagem, informou a ministra da educação, Cândida Teixeira.

A governante, que falava no programa Grande Entrevista da Televisão Pública de Angola, fez saber que os 20 mil professores a serem inseridos no presente ano lectivo, (2018) não são suficientes, porque desde 2013 não se realiza recrutamento.