A Chang E 4, a segunda sonda chinesa que aterrará na superfície lunar, transportará um recipiente com sementes de batatas e de arabidopsis, uma planta herbácea, visando testar o seu cultivo na Lua.

Serão ainda levados ovos de bichos-da-seda e a sua evolução gravada em vídeo, para ser observada a partir da Terra.

Designada “mini biosfera lunar”, a experiência foi seleccionada entre mais de 200 propostas ao programa espacial chinês, e conta com a participação de 28 universidades do país.