João Lourenço Aprovou o Contrato Comercial de Construção,do Satélite Angosat 3

O Presidente angolano, João Lourenço, aprovou o contrato comercial de construção, lançamento e colocação em órbita do satélite de observação da terra, o Angosat-3, segundo um despacho presidencial publicado no Diário da República.

O Presidente angolano, João Lourenço, aprovou o contrato comercial de construção, lançamento e colocação em órbita do satélite de observação da terra, o Angosat-3, segundo um despacho presidencial publicado no Diário da República.

No despacho 62/19, datado de 08 de maio, João Lourenço autoriza o Ministério das Telecomunicações e Tecnologias de Informação angolano a assinar o contrato, bem como a tratar de “toda a documentação relacionada com o projeto em nome e em representação de Angola”.

No preâmbulo do despacho presidencial é escrito que o Angosat-3 surge no quadro da “Estratégia Espacial da República de Angola 2016-2025” e da “importância vital da utilização do espaço para fins pacíficos” para o desenvolvimento socioeconómico e o posicionamento estratégico de Angola.

“A utilização do espaço contribui de forma transversal para o desenvolvimento dos setores produtivos e não produtivos que permite uma gestão eficiente dos recursos minerais, navegação marítima e aérea, bem como para um melhor planeamento territorial, controlo e defesa das zonas transfronteiriças”, argumenta-se no documento.