Processo de Construção de Oleoduto no Valor de 5 Mil Milhões de Dólares Foi Reiniciado Pelos Governos de Angola e Zâmbia

Os governos de Angola e da Zâmbia assinaram um memorando de entendimento para a construção de um pipeline no valor de 5 mil milhões de dólares norte-americanos, que deverá servir para o transporte de petróleo entre os dois países, informou hoje o ministro da Energia zambiano, Mattew Nkhuwa.

Esta informação foi divulgada durante a assinatura do documento por Mattew Nkhuwa e o seu homólogo angolano, o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos, Diamantino Azevedo, no âmbito de uma deslocação oficial à Zâmbia.

Citado pela ZNBC, canal estatal zambiano de televisão e rádio, Mattew Nkhuwa explicou que este pipeline, assim que estiver em actividade, vai permitir facilitar o fornecimento e importação de petróleo e embaratecer o custo dos combustíveis no país, que hoje gasta mais de mil milhões de dólares por ano no transporte de crude por camião.

Este acordo partiu do princípio simples de que a Zâmbia, sendo um grande produtor mundial de cobre, é um país consumidor que importa a totalidadee do petróleo que consome, e Angola é um grande produtor de crude, sendo a situação de vizinhança geográfica facilitadora do projecto.


Reforçada a Cooperação Agrícola Entre Angola e Zâmbia

Cinco mil toneladas de sementes diversas foram disponibilizadas pelo governo da Zâmbia, no quadro do reforço da cooperação existente entre os dois países no domínio da Agricultura, disse hoje, em Luanda, a ministra da Agricultura zambiana, Dora Silya.


Fica Pronta no 1º Semestre de 2017 a Construção do Canal Fluvial Que Liga Angola e Zâmbia

A construção de um canal com 10 quilómetros de extensão, 34 metros de largura e três de profundidade no rio Cuando fica concluída no primeiro semestre de 2017, garantiu ao Jornal de Angola o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás.


Possibilidade de Estabelecer uma Doca Seca no Lobito no Acordo Comercial Entre a Zâmbia e Angola

Foto de Santos Pedro/JAImagensRosa Pacavira e Margaret Wanakatwe

Ministra do Comércio zambiana anunciou que o país assinou um acordo comercial com Angola que permite a muitos produtos zambianos entrarem no mercado angolano sem pagar taxas alfandegárias.

“Estou satisfeita por anunciar ao povo zambiano, à comunidade empresarial e aos exportadores zambianos que Zâmbia tem agora acordos comerciais com Angola e RD Congo”, disse, ontem, em conferência de imprensa, Margaret Mwanakatwe citada pelo Daily Mail zambiano.