O Segredo Bem Guardado de África, Cuando-Cubango

Clicar no Link abaixo-Só abre com o Mozilla Firefox

Cuando Cubango, o Segredo Bem Guardado de África


A província de Cuando-Cubango é um dos segredos mais bem guardados da África. Uma área quase inexplorada pelo Homem com uma biodiversidade única, graças aos rios que cruzam a região para alimentar o Delta do Cubango.

A mais de 800 km a sudeste de Luanda, o Memorial da Vitória de Cuito Cuanavale foi o cenário da maior batalha em África desde a Segunda Guerra Mundial, agora celebrada em vários países.

O objetivo da batalha “era libertar a África Austral, libertar Nelson Mandela, dar a independência à Namíbia e também acabar com o apartheid na África do Sul, José Eduardo dos Santos disse que Cuito Cuanavale brilhou com toda a intensidade do internacionalismo. Referiam-se à libertação da África Austral, porque África, no final de contas, é um Estado e deve ser respeitado”, explica o guia Joaquim Mulonzeno Quim.

Cuito Cuanavale foi em tempos ocupado por diversas forças militares estrangeiras. Hoje, com um novo aeroporto, é o centro do ecoturismo em Angola, num triângulo regional com a cidade de Maun, no Botsuana, e Cataratas de Vitória, no Zimbábue.

Com infra-estruturas recentes, a província goza atualmente de paz, campos férteis e água. O Cuanavale e o Cuito são atualmente dois rios de importância estratégica para uma região interessada em mostar ao resto do mundo os tesouros que encerra.


11.000 Crianças em Luanda Vão Beneficiar da Segunda Fase do Projecto de Ajuda Monetária Pelo Governo Angolano

O Governo angolano vai iniciar no próximo mês o segundo ciclo de pagamento das Transferências Sociais Monetárias, que vai beneficiar cerca de 11.000 crianças menores de cinco anos nas províncias do Bié, Moxico e Uíje.

Na primeira fase, o programa promovido pelo Ministério da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, que conta com o financiamento de 9,2 milhões de euros da União Europeia, abrangeu 6.151 famílias das províncias acima referidas.

Segundo um comunicado de imprensa da embaixada de Angola na Alemanha, até ao final do projecto, em dezembro de 2020, serão assistidos 20.000 menores de cinco anos, em número de até três crianças por cada família, que recebem cada uma trimestralmente 3.000 kwanzas (6,4 euros).

Numa acção de balanço da primeira fase, realizada quarta-feira, Ana Teresinha, ponto focal do projecto, que é implementado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e o consórcio Louis Berger, disse que será feita uma avaliação e aprimoramento das questões antes do arranque do próximo ciclo.

De acordo com o comunicado, o projecto, que arrancou a 28 de Agosto passado na província do Bié, tem como objectivo garantir uma dieta melhorada aos menores, essencial para o seu quadro nutricional e desenvolvimento cognitivo, bem como aumentar o acesso a serviços essenciais de saúde e educação.


Resgatadas Duas Peças de Arte Com Valor Histórico Angolano

Duas obras de arte com valor histórico, nomeadamente um Mata-moscas e uma máscara Cihongo, saídas ilegalmente do país durante o conflito armado e recuperadas após vários anos de negociação com coleccionadores europeus, encontram-se actualmente, na Embaixada de Angola em Bruxelas, na Bélgica.

Recuperadas pela Fundação Sindika Dokolo, que procedeu, recentemente, à entrega oficial das mesmas à Embaixada de Angola em Bruxelas, as duas obras de arte das colecções de museus nacionais aguardam o retorno ao país, garantiu, ao Jornal de Angola, uma fonte do Ministério da Cultura. “Até ao momento as duas peças estão na Embaixada de Angola em Bruxelas aguardando o procedimento para o regresso ao país”, disse a fonte. As duas obras de arte recuperadas e que vão ser entregues ao Ministério da Cultura, foram expostas durante vários meses no Palácio das Belas Artes, em Bruxelas (Bozar), no âmbito de um documentário onde foram assinaladas as pesquisas conduzidas pela Fundação Sindika Dokolo.

O projecto da fundação arrancou em 2014, visando a recuperação de peças desaparecidas do Museu do Dundo durante a guerra civil, tendo ainda permitido o repatriamento de 13 obras das colecções nacionais.Segundo uma nota da fundação a exposição das obras de arte supramencionadas despertou não só o interesse dos visitantes, os quais contribuíram para um vasto debate de perguntas relativas à restituição das obras de arte africanas, tendo sido por diversas vezes referidas em importantes notícias sobre a actualidade da cultura internacional.


A TAP Passa a Voar Para Luanda ao Domingo e à Noite

FOTO: AIRBUS

Os voos semanais da TAP para Luanda vão passar de sete para oito (um em cada dia da semana, exceto sexta-feira quando há dois voos), a partir de 15 de dezembro, e passam a realizar-se em período noturno, depois de 28 de outubro.

A TAP anunciou  quarta-feira (16) o reforço da frequência de voos Lisboa-Luanda, que passam a realizar-se também ao domingo, e a mudança de horário para o período noturno, para melhorar a ligação a outras cidades.

O anúncio foi feito em Luanda pelo responsável de ‘marketing’ e vendas da transportadora aérea portuguesa, Abílio Martins, num evento que serviu também para apresentar o novo avião Airbus A330 Neo, que começou a fazer esta rota no início de outubro.

O responsável da TAP destacou que Angola “é um mercado estratégico” para a companhia o que motivou o reforço da oferta, em mais 20% a partir do próximo ano.

Os voos semanais vão passar de sete para oito (um em cada dia da semana, exceto sexta-feira quando há dois voos), a partir de 15 de dezembro, e passam a realizar-se em período noturno, depois de 28 de outubro.


Dentro de Dois Anos o “Tax Free” Será Implementado Pelo Fisco Angolano

A Administração Geral Tributária (AGT) angolana admitiu hoje regulamentar o “tax free”, previsto no código do IVA, dentro de dois anos, referindo que vai iniciar um estudo com técnicos do banco central para aferir o “comportamento das divisas”.

“O ‘tax free’ é uma realidade que muitos países adotaram. No código do IVA [Imposto sobre o Valor Acrescentado] já existe esse respaldo legal” para que se possa legislar relativamente “à implementação desse reembolso para os cidadãos estrangeiros”, afirmou Adilson Sequeira, diretor de Serviços do IVA.

O código que aprova o IVA, em vigor desde 01 de outubro, prevê a regulamentação do “tax free”, ou seja, o reembolso do IVA cobrado aos turistas, e o responsável da AGT acredita que pode começar a ser aplicado dentro de dois anos.

Uma equipa da AGT e do Banco Nacional de Angola (BNA) vai iniciar um estudo nesse domínio, para “avaliar o comportamento das divisas”, adiantou aos jornalistas, à margem da conferência “IVA — O Novo Paradigma Tributário em Angola”.

Em relação ao Regime das Faturas e Documentos Equivalentes, Adilson Sequeira recordou que o mesmo está em vigor desde 04 de abril e os bancos estão “obrigados a emitir faturas”, com o modelo genérico existente, “e não extratos bancários”.