Autoridades e Investidores Russos Pretendem Investir Dez mil Milhões de Dólares em Angola

Autoridades russas e investidores privados estão disponíveis para investir cerca de dez mil milhões de dólares (nove mil milhões de euros) para financiar projetos com impacto socioeconómico em Angola, segundo um responsável da Federação Russa.

Chepa Alexey, vice-presidente da Comissão Parlamentar para as Relações Internacionais da Federação Russa, citado pela agência Angop, disse à saída de uma audiência com o Presidente da República de Angola, João Lourenço, que o dinheiro resulta de uma linha de crédito conjunta, da Federação Russa, setor privado russo e investidores internacionais.

De acordo com a agência noticiosa angolana, o político russo indicou que os projetos estão ligados ao setor energético, incluindo a construção de barragens hidroelétricas, produção de energia eólica, painéis solares, linhas de transporte de energia elétrica, construção de estradas, habitações e outras infraestruturas.

O dinheiro destina-se a financiar “projetos de grande envergadura” do interesse comum da Federação Russa e de Angola, adiantou Chepa Alexey, líder de uma delegação de empresários russos que vai manter encontros bilaterais com representantes de congéneres angolanas.

Angola e a Rússia têm relações privilegiadas desde 08 de outubro de 1976, data em que foi assinado, em Moscovo, na altura capital da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), o Tratado de Amizade e Cooperação.

Atualmente, a cooperação é mais significativa nos setores da energia, geologia e minas, ensino superior, formação de quadros, defesa e segurança, telecomunicações e tecnologias de informação, pescas, transportes, finanças e banca.

Sapo Notícias/Lusa

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.