Negociações da Venda da Taag Entre Estado Angolano e a Qatar Airways

Estado vai manter-se como maior accionista, com 51% da participação da TAAG, os trabalhadores do sector dos transportes ficarão com 10% das acções e a Qatar Airways vai controlar 39% do capital e cuidará da gestão da companhia.

O Governo, por via do ministro dos Transportes, Ricardo D”Abreu, e quadros seniores do sector dos transportes, tem estado a negociar com os accionistas da companhia aérea Qatar Airways a venda de 39% das acções da TAAG àquela operadora, confidenciaram ao Novo Jornal fontes ligadas ao processo.

As partes podem fechar parcialmente o negócio ainda este ano, já que, fruto da compra dos 39% das acções da TAAG, a Qatar Airways, apesar de não vir a ser acionista maioritária, assumirá a gestão da operadora aérea nacional, explicou um dos interlocutores, realçando posteriormente que o processo de venda poderá ficar concluído em 2021, como previsto no Programa de Privatizações (Propriv) do Governo, usando a modalidade da privatização por alienação de participações sociais.

Na última quinta-feira, dia 5, entretanto, Ricardo D”Abreu e sua equipa seguiram para Doha com o intuito de afinarem as negociações da privatização da TAAG com os donos da Qatar Airways, revelou uma outra fonte.

ANGONOTÍCIAS

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.