Representantes da Sonangol e Galp Reafirmam Preservar a Aliança Que os Une

Representantes da Sonangol e da sua congénere portuguesa Galp mantiveram encontros em Lisboa, que uma fonte da companhia angolana declarou ontem ao Jornal de Angola terem servido para reafirmar a decisão mútua de preservar a aliança que as une na estrutura accionista da petrolífera lusa.

As informações obtidas por este jornal dão conta da declaração proferida aos parceiros portugueses, de que a Sonangol vai manter a participação na Amorim Energia por intermédio do consórcio Esperaza.
De acordo com a fonte, os representantes da companhia que mantêm reuniões em Lisboa também reafirmaram a decisão do Conselho de Administração de manter “em níveis relevantes” a participação no banco português BCP.
O grupo estatal angolano detém uma posição de 60 por cento da Esperaza, um accionista do Grupo Amorim Energia, detentor de 33,34 por cento do capital da Galp.
Dessa, a Sonangol detém uma participação indirecta de 15,98 por cento na Galp Energia, além de controlar, por outro lado, uma posição de 14,87 por cento do capital social do Banco Comercial Português, conhecido pela marca Millennium BCP.
Estas informações contrariam notícias difundidas, principalmente em Portgual, insistindo na prediposição da petrolífera estatal angolana para abandonar as posições em Portugal, algo que vem sendo negado, inclusive pelo Presidente da República, em Novembro último.

Jornal de Angola

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.