Ainda Este Mês Vai Arrancar a Terceira Turbina da Central Térmica de Malembo

A terceira turbina da Central Térmica de Malembo, com sistema híbrido gasóleo e gás, entra em funcionamento até final deste mês, juntando-se às outras duas já em operação desde Fevereiro último, anunciou hoje o secretário provincial de energia e águas, Rafael Paca.

Neste momento, decorrem ensaios para o arranque definitivo deste grupo gerador, que permitirá atingir a capacidade instalada de 95 MW.

A potência instalada na central de Malambo é de 95 MW, sendo duas turbinas de 35 megawatts e uma de 25 MW.

A central funciona desde 2012 e permitiu a construção, em 2014, das subestações de Chibodo e Santa Catarina, com 30 e 10 MW, respectivamente, além da turbina móvel no Malembo de 25 MW.

Esta central viabilizou a expansão das redes de alta, média e baixa tensão, nos municípios do interior, incluindo nas comunas como as de Inhunca (Buco-Zau) e Dinge (Cacongo), fruto dos projectos de fornecimento, montagem e comissionamento para a electrificação das circunscrições no Buco-Zau, Belize e Cabinda sede.

Foi construída a linha de alta tensão da Central térmica de Malembo a Buco-Zau, numa extensão de 120 quilómetros, com duas subestações, uma na comuna de Dinge (Cacongo) 10 MVA-60/30 Kv e outra na Vila de Buco-Zau 20 MVA – 60/30 kV.

Quanto aos projectos em curso, Rafael Paca disse existir o de electrificação da cidade de Cabinda, com 30 mil ligações domiciliares, que consiste na construção de linhas de alta tensão, nomeadamente de Sende Matadouro para as subestações de Cabinda, Dinge, Buco-Zau e as linhas de média tensão e baixa tensão, com a conclusão planificada para final do ano em curso.

O sector perspectiva também a interligação de Cabinda com uma subestação da barragem de Inga, na cidade de Matadi, República Democrática do Congo, para beneficiar de 335 MW.

ANGOP/Portal de Angola

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.