Colisão Entre Dois Comboios no Trajecto Lubango-Namibe Deveu-se a Erro Humano

Foto de Morais Silva

Um erro humano causou a colisão entre dois comboios, no trajecto Lubango-Namibe, confirmou o presidente do conselho de administração do Caminho-de-ferro de Moçâmedes (CFM), Daniel Quipaxe.

O acidente registado na localidade do Munhino, município da Bibala, província do Namibe, causou pelo menos 17 mortos e 12 feridos. Daniel Quipaxe disse que o técnico em serviço calculou mal as distâncias e mandou avançar a composição de carga e a de uma empresa chinesa de manutenção da linha.

Segundo o gestor, o operador será responsabilizado disciplinar e criminalmente pelo sucedido.

Esta é a primeira colisão de comboios no CFM deste que chegou pela primeira vez ao planalto da Huíla, a 31 de Maio de 1923.

No entanto, trata-se do segundo acidente, pois que, em Fevereiro último, uma composição de carga descarrilou na zona da Mapunda, sem provocar vítimas.

ANGONOTÍCIAS

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.