Um Boeing 737-700 da TAAG Colide Com um Bando de Aves ao Aterrar na Catumbela


Um incidente ocorrido, segunda-feira, com um avião da TAAG, quando se preparava para aterrar no aeroporto da Catumbela, província de Benguela, provocou alterações no programa de voos da companhia.

Segundo um comunicado de imprensa chegado à Angop, o Boeing 737-700, que operava com destino a Catumbela colidiu com um bando de aves, no momento da aterragem.

Como consequência, danificou um dos motores do avião que opera, além das rotas domésticas, as regionais da companhia, deixando a aeronave fora de serviço.

Este tipo de ocorrências, raramente afecta significativamente a aeronave, mas não é incomum; No entanto, significa que mais uma aeronave da Companhia, estará fora de serviço, à semelhança da aeronave que teve o incidente na cidade do Soyo, lê-se no documento.

Por esta razão, a Companhia teve que cancelar os voos programados terça-feira, para as cidades de Cabinda e Menongue, além de alguns outros serviços terem sofrido atrasos.

As Linhas Aéreas de Angola aproveitam a oportunidade para reiterar, as suas sinceras desculpas aos passageiros afectados por esta situação, prognosticando que a aeronave volte a operar a partir da próxima quinta-feira, 18 de Maio.

Este é o segundo incidente que afecta um Boeing 737-700 da TAAG em menos de um mês, o primeiro ocorreu no aeroporto do Soyo, província do Zaire, quando, após a aterragem o trem do avião se retraiu e a parte dianteira embateu no solo, sem causar vítimas.

(ANGOP)

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.