Pelo Menos 11 Pessoas Morreram Devido a Ataques de Jacarés nas Margens do Rio Catumbela

Pelo menos 11 pessoas, entre crianças e idosos, perderam a vida, nos últimos dias, depois de terem sido atacadas por jacarés nas margens do rio Catumbela, no município com o mesmo nome, apurou esta sexta-feira a Angop.

Segundo relatos das autoridades na comuna da Gama, município da Catumbela, os ataques ocorreram na localidade de Cachiva, quando as vítimas, provenientes em geral da lavra, tentavam lavar os pés no rio, tendo sido surpreendidas pelos répteis.

Falando à imprensa a propósito desses incidentes, o administrador comunal da Gama, Manuel Gaspar, mostrou-se preocupado com a situação, uma vez que está a ganhar contornos alarmantes entre à população.

Manuel Gaspar pede que as autoridades, incluindo as do fórum tradicional, intervenham o mais depressa possível para parar os ataques dos jacarés, visto estarem a vitimar crianças, senhoras e idosos.

“Geralmente, os ataques acontecem quando as pessoas vão ao rio lavar os pés, depois do trabalho de campo”, como relata a mesma fonte, considerando que a presença dos jacarés nas margens dos rios constitui uma ameaça iminente.

De acordo com o responsável, a última morte por ataque de jacaré foi registada precisamente há quatro dias na localidade de Cachiva, comuna da Gama.

Defendeu, por isso, que é preciso desenvolver alguma acção junto do habitat dos jacarés para prevenir as populações ribeirinhas desses ataques.

Angop

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.