Inaugurada no Lobito 2ªFase da Fábrica de Cabos Para a Indústria Petrolífera

Foto Macauhublobito_fabrica_cabosA segunda fase da fábrica de umbilicais do Lobito, a Angloflex Lda., foi inaugurada segunda-feira no decurso de uma cerimónia que contou com a presença da presidente da estatal Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (Sonangol), um dos accionistas, noticiou a imprensa angolana.

O investimento já aplicado na fábrica de umbilicais (cabos para a indústria petrolífera que são sujeitos a grandes pressões) ascende a 42 milhões de dólares, sendo a sua construção resultado de uma parceria entre a Sonangol e o grupo francês Technip.

A presidente da Sonangol disse na ocasião que a fábrica do Lobito é uma referência em África, continente em que é a primeira e a única, dispondo de capacidade para produzir umbilicais até 27 quilómetros de comprimento, “o que permite revolucionar todos os campos que estão em exploração, não só em Angola mas também no Golfo da Guiné e em países produtores de petróleo como a Nigéria.”

A decisão de expandir a capacidade de produção da fábrica do Lobito de 100 quilómetros para 200 quilómetros de umbilicais por ano surgiu em 2011, com o objectivo de desenvolver os campos petrolíferos de Angola, fundamentalmente em águas profundas e ultraprofundas, bem como abastecer de cabos os grupos internacionais que operam em Angola.

Criada em 2002, a Angoflex Lda é uma empresa prestadora de serviços no ramo petrolífero, que fabrica tubos rígidos, estruturas submarinas e presta serviços logísticos na unidade do Dande e umbilicais em tubo de aço no Lobito, contando já entre os seus clientes com operadores nacionais e internacionais, casos da Sonangol, Total, BP, Chevron, ExxonMobil e ENI.

Macauhub

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.