Angola Vai Exportar 54 Toneladas de Café Torrado Para Portugal, China e Estados Unidos

cafe_1A marca nacional Café Cazengo prepara-se para exportar este mês 54 toneladas de café torrado para Portugal, China e Estados Unidos da América, anunciou ontem o responsável pelo projecto.

José Gonçalves disse em declarações à agência Lusa que estão preparados três contentores, cada um com 18 toneladas para exportação.

Segundo o responsável, outras solicitações e negociações estão em curso com empresários da Espanha, Itália e Singapura, países para os quais foram já enviadas amostras do produto.

O projecto desenvolvido no município de Quiculungo, província do Kuanza Norte, foi lançado em 2010, tendo os primeiros ensaios de exportação do produto sido realizados para os Estados Unidos da América.

“Temos os contentores prontos e estamos a aguardar pela finalização do processo de despacho de mercadoria, para enviarmos os contentores para a China, Estados Unidos da América e Portugal, pensamos que nos próximos 20 dias esteja tudo tratado”, disse José Gonçalves.

Sem revelar preços, José Gonçalves sublinhou que o projecto de capital privado nacional, permitiu empregar duas dezenas de pessoas, número que atinge mais do dobro em época de colheitas.

A exportação de café rendeu a Angola mais de USD 2 milhões em 2015, informou em Abril o director do Instituto Nacional do Café (INCA), João Ferreira.

O responsável disse que Angola está a produzir anualmente 15 mil toneladas de café, mas perspectiva duplicar essa produção nos próximos dois anos.

João Ferreira referiu que em 2013 as exportações do produto valeram ao país USD 650 mil, e no ano seguinte USD 552 mil.

Segundo o diretor do INCA, o valor contabilizado não inclui quantidades de café, que não apontou, exportadas ilegalmente pelas fronteiras sul com a Namíbia e a norte com as repúblicas Democrática do Congo e a do Congo.

Até 1974, Angola ocupava o quarto lugar na lista dos maiores produtores de café no mundo, com cerca de 250 mil toneladas anuais.

Actualmente, as tradicionais províncias do Cuanza Sul e de Benguela são as que apresentam maior produção de café, indicou João Ferreira.

Rede Angola

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.