Artigo de Opinião de José Mena Abrantes “A Cada Um a Sua Luanda”

jose_mena_abrantesDois textos recentes sobre Luanda vieram dissipar a péssima impressão causada pelos lamentáveis comentários de escribas como Paul Theroux, António Pinto Ribeiro e Daniel Metcalfe, aqui caídos de paraquedas com o propósito deliberado de difundirem uma visão parcial, distorcida e mesmo desonesta da nossa capital. Muito resumidamente, lembremos o que disse cada um deles:


Mais Uma Unidade Industrial Para a Catumbela, Sendo Esta Única em Angola

catumbela-indutec-A Indutec, empresa de capital cem por cento angolano construiu uma unidade industrial, projectada de raiz, e totalmente equipada para a produção de eléctrodos revestidos para soldadura, do tipo básico e rutilo.

Esta unidade industrial irá contribuir de imediato para a redução da importação de eléctrodos revestidos e terá um papel muito importante no processo de reconstrução e de revitalização da industria em Angola, refere a empresa em comunicado remetido ao VerAngola. Irão beneficiar directamente as industrias petrolíferas, gás, mineiras, construção civil, naval, metalomecânica, serralharia, oficinas auto e outras, acrescenta o documento.


Sector do Turismo Angolano Gerou 2,1 Mil Milhões de Dólares e Empregou Mais de 200 Mil Pessoas em 2014

Foto de Mário Rui Ribeiroluanda__nO sector do turismo angolano gerou um volume de negócios de 216 mil milhões de kwanzas (2,1 mil milhões de dólares) em 2014, entre serviços de hotéis e similares, e já emprega mais de 200 mil pessoas.

Os números foram apresentados esta sexta-feira pelo ministro do Turismo, Pedro Mutindi, durante a sua intervenção no parlamento angolano, para apresentar a nova proposta de Lei do Turismo, que acabou por ser aprovada na generalidade por unanimidade. Segundo o ministro, Angola registou a entrada de cerca de 600 mil turistas europeus e africanos em 2014. Referiu também que estão registados no país 183 hotéis, 88 aldeamentos turísticos e seis estalagens, totalizando 17.855 camas e que o sector empregava, em 2014, mais de 200 mil pessoas.


Continua a Coisa Mais Linda, Mais Cheia de Graça e Perigoso, Caótico, Desigual…O Rio de Janeiro

brasil_ Rio de Janeiro_00Cariocas festejam 450 anos da Cidade Maravilhosa com Jogos Olímpicos no horizonte e problemas novos e velhos como pano de fundo.

O Rio de Janeiro continua, como a Garota de Ipanema, a coisa mais linda, mais cheia de graça, 450 anos depois da sua fundação, a 1 de Março de 1565. Mas a cidade é, ainda e sempre, uma contradição entre a realidade e a fotografia da realidade. Entre a maravilha do que se vê e o desconforto do que é escondido. Olhada dos céus, a paisagem de morros, matas, lagoas, praias de mar azul e longos areais é intocável. Lá em baixo é implacável. Nunca, como hoje, a velha máxima carioca de que visitar o Rio não é o mesmo que morar no Rio foi tão actual. E para o ano, no meio do caos, há Jogos Olímpicos.


Doação do Governo Chinês ao Executivo Angolano, o Novo Hospital Geral de Luanda Entregue Hoje

luanda_hospital_geral_O novo Hospital Geral de Luanda (HGL) foi entregue provisoriamente, hoje (quinta-feira), ao Governo, pelo embaixador da China em Angola, Gao Kexiang, depois de obras de construção e ampliação.

O novo edifício, financiado com a doação do Governo Chinês ao Executivo Angolano, é três vezes maior que o anterior, 300 camas, equipamentos avançados, fornecidos pela empresa chinesa Tianjin Machinery Import & Export Cooperation e terá a capacidade de acolher diariamente 800 pacientes para o tratamento médico. A directora do Gabinete Provincial de Saúde de Luanda, Rosa Besa, disse que o hospital terá diversas especialidades como pediatria, ortotraumatologia, cuidados intensivos para crianças e adultos, maternidade e laboratórios.