Colocação de Candeeiros Solares no Parque Nacional da Quiçama

green-power-quicama - Cópia (2)A Green Power, empresa do Grupo Opaia dedicada às energias renováveis, acaba de implementar um projecto de iluminação solar que contempla a colocação de candeeiros nos locais de estacionamento e no centro de formação do Parque Nacional da Quiçama. O projecto implementado é complementado com a instalação de dois sistemas fotovoltaicos para o abastecimento de energia à portaria e à casa dos guardas e a instalação de painéis solares para abastecimento de energia a duas bombas solares, responsáveis pela extracção da água para consumo humano.

“A Green Power desenvolve diversos projectos com recurso à energia solar, sempre adaptados a cada situação e localização específicas, como forma de melhorar e modernizar de forma sustentável os recursos que são disponibilizados para o quotidiano de toda a população. Pretendemos com a nossa actuação contribuir para a preservação do meio ambiente, investindo também na melhoria de espaços de lazer que proporcionem maior conforto e segurança a quem os visitar”, refere Carlos Igrejas, Director Geral da Greenpower, em comunicado remetido ao VerAngola.green-power-quicama - Cópia

Os candeeiros solares têm a vantagem de não necessitarem de terem uma ligação à rede de energia, nem a geradores, pois são alimentados através da energia solar que é captada através de um pequeno painel solar que é instalado no topo de cada candeeiro. Os candeeiros solares garantem até 12 horas de luz continuas.

A Green Power tem também desenvolvido a instalação de sistemas fotovoltaicos para a iluminação de escolas, hospitais, postos policiais, órgãos administrativos e vias públicas, e também para o fornecimento de água para a rega na agricultura e pela colocação de painéis para aquecimento de água, sempre com recurso à energia solar renovável e não poluente.green-power-quicama

VerAngola

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.