O Nascimento da Cidade do Lobito

                                  Angola do Antigamente

 

                                           Lobito-Largo dos Correios

15 Responses to “O Nascimento da Cidade do Lobito”

  1. cristina toulson leite velho diz:

    Eu cheguei ao Lobito em 1932,no navio Niassa que atracou na ponte cais,teria os meus 5 anos quando foi inaugurado o Porto do Lobito foi uma grande festa com Banda e variedades,fizeram uma grande jangada presa ao cais e ai foram os festejos,lembro me que numa rifa me ter saido um automóvewl a pedais.Todas estas fotos não são novidade para mim nem para a minha irmã mais velha natural de Luanda,nasceu no palácio dessa cidade.Os correios antigos e a Estação do C.F.B eram de Zinco forrados a madeira a antiga Camera ficava em frente ao Palácio.Se eu contasse tanto o que eu vivi e vi daria um livro!!!

    • Ginho diz:

      Cristina!!!
      Não guarde só para si, esse conhecimento!!!
      Partilhe com a Comunidade as suas memórias! As memórias dos lugares, dos cheiros, das comidas, das Pessoas, das pequenas anedotas que lhe aconteceram!
      Enfim… Como era o Lobito, nas suas Grandezas e nas suas minudências, quando era uma pessoa a começar a reparar qua havia algo mais que os seus brinquedos!!!
      Partilhe isso, connosco!!!
      Por Favor!
      1 Bj.
      Ginho.

  2. Belo diz:

    Cristina
    17 anos depois, cheguei eu com meu pai. Viajámos no Mouzinho de Albuquerque.
    Também me lembro de coisas bem antigas
    Um beijo
    Belo

  3. sao pernadas diz:

    Olá Zé Belo:
    Esta tua página está fantástica (aliás, todo o blogue) e vou reencaminhar para ela a história que estou a contar na página que estamos a construir “O Lobito não é uma cidade qualquer”. Bjs

  4. fernando da silva teixeira diz:

    gostei muito revivi o meu passado chorei e tornei a chorar estou no terminos da minha vida e tive o prazer de me rever nas imagens depois disto posso partir.

  5. nuno noronha diz:

    carissima sou filho de portugues, nascido no Lobito em 1914 e neto de americo de noronha e castro, director do CFB por essas alturas. Neste momento vim trabalhar para Angola e fiz questão de viajar até essas paragens para me identificar c a terra bela,plas fotogrfias antigas q tinha da casa onde nasceu meu pai em 1914. C o seu trabalho, localizo-a no bairro dos trabalhadores do CFB, plas casas de madeira, acentes em estacaria e c as palmeiras, ainda pequenas na frente. Nota-se q deve ter sido uma terra onde deu gosto viver. Hoje, quem vem de Luanda, para sul, arrepia a chegada. Q pena. Se souber de alguem q me consiga elucidar se ,sendo filho nascido em Portugal, de portugues, q nasceu no Lobito e permaneceu em Angola, tendo inclusivè uma irmã q nasceu em 1957 em Luanda, Seposso pedir dupla nacionalidade? Parabens plo seu trabalho de recolha fotografica.

  6. Mário César diz:

    Gostei de ver. Fui para o Lobito com 1 ano e meio de idade, ido de Lisboa com os meus pais, Mário de Abreu (funcionário da Direcção do CFB e Matilde Borges de Abreu (professora de piano). Voltei de lá em 1955 e desde então resido em Lisboa.
    Notas:
    1) Não há qualquer foto do Hotel Terminus. Pacuiência. Não deveria estar disponível.
    2) Ainda sou do tempo em que o Rádio Clube do Lobito (RCL) se chamava Rádio Clube do Sul de Angola. AQ outra estação de rádio era a CR6AA, do Álvaro de Carvalho (salvo erro). Foi a 1ª rádio de Angola. Por isso tinha o indicativo terminado em AA.
    3) No final da 1ª página: Hotel Atlanticona? Que raio de nome!! Não o conheci. Como foi possível darem-lhe esse nome?
    4) Inicialmente morámos nas casas do Bairro da Praia, cerca de 1939/40. A seguir fomos morar nos Bungallows do CFB,depois para umas casas defronte do Hotel Terminus, e quando para cá regressei (para vir prosseguir os meus estudos depois do 7º ano do Liceu) nuns prédios novos também do CFB, defronte da estação do CFB, do lado da praia. O KLobito era realmente a Sala de Visitas de Angola e assim era conhecido. Uma cidade bonita.
    m.mario.cesar@gmail.com Podem escrever-me !!

  7. Meus Caros
    Eu vivo no Lobito desde 2006. Se quiserem alguma informação ou alguma foto actual da cidade é só pedir. Os meus contactos aqui são +244925163600 ou por email.
    Jorge Matos

  8. Mirian Benídio da Costa diz:

    Gostei muito das suas Fotos. Parabéns pois essas fotos são reliquias da história do nosso Lobito.

    Eu sou estudante de Arquitectura, e estou a fazer um trabalho sobre o Banco de Angola na Restinga, Lobito. Preciso de saber um pouco a história desse Banco. Notei que tem 2 imagens dele. Espero que me possa ajudar! O que preciso saber é o seguinte: em que ano foi construido, e o porque de ele ter sido abandonado pelo Banco de Angola?
    ja perguntei a muita gente mas, não consegui encontrar alguem que respondece essas 2 perguntas.
    Agradeço desde já. Mirian

    • Belo diz:

      Miriam

      Eu já o disse por diversas vezes que o edifício do Banco de Angola era o mais bonito da cidade. Tive a felicidade de o ver e entrar lá quando estava em pleno funcionamento. Hoje está completamente degradadado.
      Não sei a data da sua construção, nunca li nada a seu respeito, mas aponto para os anos 40 do século passado. Em 1949 já estava construído.
      Um beijo

      • Fernando Leite Velho diz:

        O Ferreira Mendes, o irmão do Director da FINA, foi Director do Banco de Angola do Lobito, pai de Lena Ferreira Mendes e casado uma familiar(?) de Drª Ebe Chaber… é tudo o que posso transcrever das memórias vivas.-

  9. Banco de Angola na Restinga ….. Em que parte ??? Até 1975 não havia bancos na Restinga … Pode mandar foto ??

    • Belo diz:

      Amigo António Mello

      Não tenho datas certas, mas tenho ideia que o Banco de Angola funcionou na Restinga até fins dos anos 50, princípios dos anos 60 do século passado. Ficava perto da Escola Comercial e na rua onde funcionou também o “Jornal O Lobito”. Para mim era o edifício mais bonito da cidade. Depois de 75 entrou num elevado estado de degradação e julgo mesmo que já deve de ter ruído. Vou tentar mandar-lhe uma foto para o seu endereço de email. Um abraço
      JBelo

  10. alberto velho cabral moura diz:

    Olá a todos. Alguem me arranja uma foto do pequeno navio FINA LOBITO, onde meu padrinho trabalhou, fazendo parte da tripulação de entrega que o levou de Aveiro a Angola, numa viagem de quase 20 dias de mar?

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Anti-Spam * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.