Cabo Verde Vai Cumprir Objectivos do Milénio

Cidade da Praia

Cabo Verde é um dos quatro países africanos referidos, no mais recente relatório do Banco Mundial, como dos que está em condições de cumprir os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio (ODM), disse, na quarta-feira, uma fonte oficial à PANA.
Um documento, divulgado, em 22 de Setembro, na Reunião Anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional, anuncia que Cabo Verde, a par da Etiópia, do Ghana e do Malawi, é capaz de conseguir a realização da maioria desses objectivos até 2015, “ou mesmo antes”, graças “ao acelerado crescimento e progresso nos indicadores sociais”.
O sucesso destes quatro países, principalmente os grandes desenvolvimentos conseguidos em matérias como a saúde, mortalidade infantil, educação e melhoria do ambiente de negócios são realçados no relatório por serem essenciais para se atingirem os ODM.
O documento sublinha também que Cabo Verde, a Zâmbia e o Ruanda estavam, no ano passado, entre os dez países mais reformadores do mundo. O arquipélago é referenciado pelas suas conquistas no domínio político e económico.


Gás Natural Exportado Para os EUA

Angola vai iniciar em 2012 a exportação de gás natural para os Estados Unidos da América (EUA), com o arranque da primeira unidade de processamento de gás natural liquefeito no país, disse o director-geral do projecto Angola LNG, Daniel Rocha.
Em declarações à Rádio Nacional de Angola, Daniel Rocha disse ainda que a exportação de gás natural iniciar-se-á no primeiro trimestre de 2012, numa primeira fase para os Estados Unidos.
O director-geral do projecto Angola LNG adiantou que a empresa está a estudar a exportação de gás natural para outros mercados, nomeadamente para a Europa e a Ásia, onde, disse, “se poderão obter margens de lucro maiores”, não se fixando apenas no mercado norte-americano.

>Cabo Verde Vai Cumprir Objectivos do Milénio

>

Cidade da Praia

Cabo Verde é um dos quatro países africanos referidos, no mais recente relatório do Banco Mundial, como dos que está em condições de cumprir os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio (ODM), disse, na quarta-feira, uma fonte oficial à PANA.
Um documento, divulgado, em 22 de Setembro, na Reunião Anual do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional, anuncia que Cabo Verde, a par da Etiópia, do Ghana e do Malawi, é capaz de conseguir a realização da maioria desses objectivos até 2015, “ou mesmo antes”, graças “ao acelerado crescimento e progresso nos indicadores sociais”.
O sucesso destes quatro países, principalmente os grandes desenvolvimentos conseguidos em matérias como a saúde, mortalidade infantil, educação e melhoria do ambiente de negócios são realçados no relatório por serem essenciais para se atingirem os ODM.
O documento sublinha também que Cabo Verde, a Zâmbia e o Ruanda estavam, no ano passado, entre os dez países mais reformadores do mundo. O arquipélago é referenciado pelas suas conquistas no domínio político e económico.


A Desertificação, Seu Impacto Socioeconómico e Ambiental

A directora do Centro de Botânica da Universidade Agostinho Neto, Esperança da Costa, defendeu na quarta-feira, em Luanda, a recuperação da Floresta da Bibala, na província do Namibe, no quadro da preparação dos países para as Alterações Climáticas.
Esperança Costa, que dissertava sobre “A desertificação, seu impacto socioeconómico e ambiental”, nas jornadas técnico-científicas sobre florestas e segurança alimentar, que decorrem até hoje, na Escola Nacional de Administração Pública, sublinhou que se deve fomentar e alinhar a pesquisa e conservação da biodiversidade aos esforços do Executivo na construção do grande pilar de Desenvolvimento Sustentável.
“Segundo investigações conduzidas pelo Centro de Botânica e pela Faculdade de Ciências, a Floresta da Bibala tem sido muito devastada.


>Gás Natural Exportado Para os EUA

>

Angola vai iniciar em 2012 a exportação de gás natural para os Estados Unidos da América (EUA), com o arranque da primeira unidade de processamento de gás natural liquefeito no país, disse o director-geral do projecto Angola LNG, Daniel Rocha.
Em declarações à Rádio Nacional de Angola, Daniel Rocha disse ainda que a exportação de gás natural iniciar-se-á no primeiro trimestre de 2012, numa primeira fase para os Estados Unidos.
O director-geral do projecto Angola LNG adiantou que a empresa está a estudar a exportação de gás natural para outros mercados, nomeadamente para a Europa e a Ásia, onde, disse, “se poderão obter margens de lucro maiores”, não se fixando apenas no mercado norte-americano.