Angola-Em 2011 a Taxa de Inflação Será de Um Dígito


O Executivo angolano prevê atingir, pela primeira vez, em 2011, uma taxa de inflação de um dígito, disse, na quinta-feira, em Luanda, o ministro de Estado da Coordenação Económica.
Manuel Nunes Júnior, que discursava no fórum empresarial da CPLP, anunciou que a partir de 2011, Angola volta a crescer.
Para o próximo ano está prevista uma taxa de crescimento real de 6,7, um aumento do sector petrolífero em 5 por cento e um progresso “mais robusto” do não petrolífero, de 9.5 por cento.


Em 2009, referiu, o sector não petrolífero teve um crescimento de 8.7, enquanto o petrolífero teve uma contracção, registando uma taxa de menos 5 por cento.
No ano passado, disse, houve turbulência no mercado cambial devido à escassez relativa de divisas, mas, frisou, em função das medidas acertadas adoptadas pelo Executivo para fazer face à crise, chegou-se ao final do ano de modo razoável.
Desde 2002, lembrou, as políticas desenvolvidas por Angola, no campo social e económico, foram sendo reconhecidas como “robustas e eficazes” pela comunidade internacional.
Esse reconhecimento, disse, fizeram com que Angola merecesse o maior financiamento do Fundo Monetário Internacional (FMI) para um país da África ao Sul do Sahara, nos últimos anos, através do acordo Stand By, aprovado, em 23 de Novembro 2009, por aquelainstituição.
Até 2008, recordou, através das políticas macroeconómicas do Executivo, foi possível manter o crescimento médio do Produto Interno Bruto acima dos 17 por cento por ano, com redução persistente da taxa de inflação, que passou de mais de 100 por cento, em 2002, para cerca de 13,2, em 2008.

Jornal de Angola

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


− 4 = 1

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>