Provincia do Namibe


A província do Namibe fica situada no sudoeste do país e tem 5 Municípios: Namibe (a capital), Bibala, Camucuio, Virei e Tombwa, ocupando uma superfície territorial de 58.137 Km².

O clima pode considerar-se tropical árido com a temperatura média a rondar os 21ºC, devido à influência da corrente fria de Benguela e do deserto do Namibe.

Quanto à flora o destaque vai para a famosa planta exótica “welwitchia mirabilis” (chamada localmente de Tombwa). Como animal raro, aparece o suricata, mamífero de 30 a 40 cm de altura que vive normalmente em desertos e campos secos e mantém-se na posição erecta apoiado nas patas traseiras e na cauda.

Para além do rio Cunene que passa e tem foz a sul da província existem outros rios como o sarujamba na região do Iona, a 200 km da sede provincial.

Existem perto do Virei, no tchitundo-hulo, pinturas rupestres que talvez possam ser atribuídas aos primeiros habitantes da região, os Bosquimanos. Os grupos que caracterizam a região são os povos Koysan e negros. Os Koysan são constituídos pelos Bosquimanos, Kedes e indivíduos de origem Hotentote mestiçados com Bantos. Os representantes dos negros não Bantos são os Kuissis e os cuandos. Também existe a etnia Mucubai.

A principal actividade económica da população é a pesca, apesar do sector agrícola, pecuário e industrial também serem ramos com forte peso na economia da província.

COMO CHEGAR
O acesso a todos os municípios é feito por via rodoviária com excepção da vila da Bibala que é feito por via ferroviária, através do caminho-de-ferro de Moçâmedes.

O acesso por via marítima é feito através dos municípios do Namibe e do Tômbwa.

Existe um aeroporto, Aeroporto Yuri Gagarin, no município do Namibe.

ONDE FICAR
Existem hotéis, pensões e residenciais no município de Namibe.

PARA VISITAR
Monumentos Religiosos – Igreja da Nª Srª de Fátima, Igreja de Santo Adrião e Igreja da Nª Srª do Mundo na Bibala.

Capela da Quipola – fica na área do Benfica, no Município do Namibe.

Capela da Praia Amélia – fica a dois quilómetros da cidade do Namibe.

Fortaleza de São Fernando – Actual unidade Militar da Marinha, fica situada no município do Namibe.

Fortaleza do Kapangombe – fica no município da Bibala, servia para a concentração de escravos antes de embarcarem para as Américas e é o actual quartel do exército.

Palácio do Governo – Localizado no centro da Cidade, na marginal do Namibe.

Deserto do Namibe – uma das maiores atracções turísticas da província e onde se pode observar a planta welwitchia mirabilis, localizada entre o Namibe e o Tombwa.

Parque Nacional do Iona – Foi estabelecido como Parque nacional em 1964. Tem 15.150 Km² e os animais que se destacam são o Guelengue e a zebra da montanha.

Reserva Especial do Namibe – Foi estabelecido como reserva especial em 1957. Tem 4.450 Km² e os animais que se destacam são o avestruz, o rinoceronte preto, a zebra da montanha, o suricata e .

ONDE COMER
Existem restaurantes no Namibe. A maior parte dos pratos típicos é confeccionado com peixe.

ONDE RELAXAR
Existem muitas praias na província e as mais conhecidas são as das Miragens, Praia Azul, Praia Amélia, Praia das Barreiras e Praia dos Flamingos e a Baia das Pipas. Também pode visitar as águas termais do Centro Turístico da Mutípa, em Bibala.

FESTAS E EVENTOS
As festas da Cidade acontecem a 4 de Agosto e as festas do mar, realizam-se durante todo o mês de Março e são muito concorridas com concertos musicais e provas desportivas, com destaque para o automobilismo.

PRÁTICA DE DESPORTOS
O Namibe oferece aos seus visitantes óptimas praias e zonas para a prática de desporto, principalmente para pesca submarina. A foz do Rio Cunene tem excelentes condições para a prática de pesca desportiva, desportos náuticos e caça submarina.

ITINERÁRIOS
Terra do deserto, a região reúne como maiores atracções turísticas a Welwitchia Mirabilis, o maior centro pesqueiro do país, o oásis do Arco e Carvalhão, as pinturas rupestres do Tchitundulo, o Parque Nacional do Iona na localidade de Espinheira e as construções de origem desconhecida em direcção à foz do rio Cunene. Na Foz do rio Cunene, poderá observar, as paisagens do deserto e as mais diversas espécies marinhas como tartarugas, golfinhos, tubarões, pelicanos, flamingos etc. Este percurso envolve uma passagem pelas belas dunas da região. Do Namibe, também parte a ferrovia que liga o litoral às minas de ferro da Jamba na Huíla.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


9 − = 2

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>