Emblemático Edifício Colonial Português, o Cine Tropical em Luanda, Vai Entrar em Obras de Modernização

cine_tropicalO Cine Tropical, emblemático edifício colonial português construído na década de 1960, vai receber obras de modernização e para criação de novos espaços, o que acontece mais de dez anos depois da última intervenção.

O Ministério da Cultura de Angola emitiu esta semana um aviso que dá conta do seu encerramento temporário, por um período de dois meses, a contar de 18 de setembro, para as benfeitorias, informa a agência Lusa.


Duas Novas Unidades Fabris Para o Município de Viana, uma de Embalamento de Alimentos e outra de Sumos

viana_O município de Viana, província de Luanda, ganhou esta Quarta-feira duas novas unidades fabris, sendo uma vocionada para o embalamento de alimentos e outra para sumos, num projecto orçado em USD 10 milhões. O acto foi presidido pelo secretário de Estado da Indústria, Kiala Gabriel.

Na ocasião, o secretário de Estado da Industria apelou ao engajamento na perspectiva de ver concluídas as iniciativas e os empreendimentos, pois o Governo está a trabalhar para garantir apoio institucional, sobretudo no domínio das divisas, para o funcionamento da indústria.


Nasce Agora em Angola o Mais Importante Projecto Agro-industrial do Sul do País

FcaluequeNum espaço que há cinco meses existia uma mata nasce agora o mais importante projecto agroindustrial do Sul do país, que até 2020 deverá empregar oito mil trabalhadores. Até ao momento, o empresário Silvestre Tulumba diz ter empregue do próprio bolso USD 89 milhões.

Do alto, a partir do pequeno jato, consegue-se divisar mais abaixo as estradas paralelas de terra batida e as enormes parcelas de terra desbravadas que já aguardam pelo plantio nos próximos dias. Nas obras, máquinas circulam de um lado para o outro, homens e mulheres acertam os últimos detalhes no complexo. Ndaudako Hidimbwa, 39 anos, é um dos ajudantes de pedreiro.


Descoberta no Sul de Angola a Maior Jazida de Granito do Mundo

granitoA descoberta em Angola da maior jazida de granito do mundo, situada no Sul do país, impulsionará a criação de um novo pólo mineiro.

O Executivo vai incrementar a exploração e exportação de granito negro com vista à criação de pólos de desenvolvimento mineiro, revelou nesta Terça-feira, em Luanda, o ministro angolano da Geologia e Minas, Francisco Queiroz. O governante referiu que a descoberta recente, no Sul do país, no perímetro das províncias da Huíla e Cunene, do maior complexo gabro-anortosítico (complexo de rochas ornamentais) formado basicamente por granito, com destaque para o granito negro, numa extensão de 45 mil quilómetros quadrados permitirá concretizar esta estratégia.


Ao Fim de Mais de 40 Anos o Café de Angola é Novamente Comercializado no Mercado Norte-Americano

cafe_2_Ao fim de mais de 40 anos de ausência, café produzido em Angola volta a estar disponível no mercado norte-americano. Um carregamento de 11 toneladas chega esta tarde ao porto de Baltimore, Maryland.

Marca produzida pela Triases, este carregamento de café Cazengo representa a internacionalização, de facto, desta firma angolana, uma produtora afecta à Cooperativa de Café do Kikulungo, Kwanza-Norte. José Gonçalves, gestor e director da Triases, disse a OPAÍS que já têm exportado pequenas quantidades para Portugal e para a China. “Esta é a primeira vez que exportamos um contentor.


Região de Luanda Vai Ter Duplicação da Linha Ferroviária e Construção do Trecho de Ligação ao Novo Aeroporto

cfb_angola-580O governo angolano vai avançar com a duplicação da linha ferroviária na região de Luanda, a capital angolana, e construção de trecho de ligação ao novo aeroporto internacional, no município de Icolo e Bengo.

De acordo com decreto presidencial, de 15 de setembro, é autorizada a abertura de um crédito adicional ao Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2016 no montante de 545,3 milhões de kwanzas (três milhões de euros) para “pagamento das despesas” relacionadas com o projeto de construção da segunda linha ferroviária entre Bungo e Baia, informa a agência Lusa.


No Lubango Há Necessidade de Construção de Barragens Para Combater a Seca no Sul de Angola

Cunene-Foto: José Cachiva/Angopcunene_O governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, defendeu nesta segunda, no Lubango, a necessidade da construção de barragens com capacidades de reter água para consumo humano, criação de gado, agricultura e combater a seca na região sul de Angola.

O governador, que falava segunda-feira, no Lubango, num encontro que reuniu autoridades da Huíla, Namibe e Cunene para encontrar soluções aos problemas da seca na região, afirmou que a seca é um fenómeno cíclico e esta é uma solução que vai beneficiar as comunidades em períodos de seca ou estiagem, quantidades suficientes de água para o consumo humano, o abeberamento de gado e  produção de pastos, assim como para desenvolver a agricultura, no sistema de regadio.


Criação de Fazendas Destinadas à Produção em Larga Escala em Sete Províncias Angolanas

Cuando Cubango-Foto de Nicolau Vasco/JAImagenscuando-cubango_nicolau-vasco_jaimagens-620x383O Fundo Soberano de Angola (FSDEA) vai investir USD 250 milhões em actividade agrícola com a criação de fazendas destinadas à produção em larga escala em sete províncias do país.

A concessão para a gestão das sete fazendas, que totalizam 72.000 hectares ou 720 quilómetros quadrados, foi entregue directamente pelo Ministério da Agricultura ao fundo que é gerido por José Filomeno dos Santos, um dos filhos do presidente. Os terrenos estão situados nas províncias do Bié, Cunene, Malange, Moxico, Cuando Cubango, Uíge e Zaire.


Governo Angolano Autoriza Aquisição de 1500 Autocarros Para Transporte de Estudantes Escolares

autocarros_escolaresO Executivo angolano deverá retomar nos próximos tempos o processo de devolução de viaturas aos cidadãos que perderam os seus meios rolantes ao serviço do Estado durante o conflito armado. Segundo o Despacho Presidencial 277/16, publicado no dia 15 de Setembro, o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, aprovou a minuta de contrato para a aquisição de 1700 viaturas.


Angola Precisa de Três Mil Geógrafos Para Cobrir Todo o Território

Universidade Agostinho Netouniver_agostinho_neto_O coordenador das Primeiras Jornadas de Engenharia Geográfica da Faculdade de Ciências da Universidade Agostinho Neto (UAN), Carlos Andrade, Neto disse que o país precisa de três mil geógrafos para cobrir o território nacional.

O responsável fez esta afirmação quando fala à Angop sobre os objectivos do evento, aberto hoje (segunda-feira) em Luanda.