30 Dias Dados Pelo Presidente Angolano Para Que Sejam Apresentadas Propostas Para Melhorar Sector do Petróleo

O Presidente angolano, João Lourenço, deu 30 dias para um grupo de trabalho, que integra a estatal Sonangol e as principais petrolíferas que operam em Angola, apresentar propostas para melhorar o desempenho da indústria nacional de petróleo e gás.


O Turismo em Angola Como Alternativa ao Petróleo é Prejudicado Pela Burocracia

Foto Mário Rui RibeiroA consultora britânica Euromonitor considera que o sector do turismo e viagens de Angola pode ser uma alternativa viável para a diversificação económica, mas alerta que os constrangimentos burocráticos impedem o crescimento acelerado destes sectores.

“Independentemente da abrangência nas oportunidades para o turismo, Angola ainda está a debater-se com vários problemas que estão a impedir que a indústria das viagens obtenha um desempenho melhor”, escrevem os peritos desta consultora britânica, numa análise ao sector da aviação, viagens e turismo em Angola.


Agência de Notação Financeira Moody’s Desce o ‘Rating’ da Dívida Pública de Angola de B1 Para B2

Angola ainda enfrenta o difícil desafio da diversificação, longe da sua forte dependência do petróleo”, escreve a agência de notação financeira.

A agência de notação financeira Moody’s desceu o ‘rating’ da dívida pública de Angola de B1 para B2, mantendo-a num nível de classificação altamente especulativo, decisão justificada com o fraco crescimento económico do país e a escassez de divisas.


Presidente João Lourenço Expressou Ontem Solidariedade com Portugal

O Presidente da República, João Lourenço, expressou ontem preocupação em relação às trágicas consequências provocadas pelos incêndios que deflagraram em Portugal, nos últimos dias, que ocasionaram um número avultado de vítimas humanas e perdas materiais.

Numa nota endereçada ao seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, o Chefe de Estado expressou, em nome do povo angolano, do Executivo e no seu próprio, a sua solidariedade para com o Governo e o povo de Portugal, perante estes “acontecimentos de tão graves proporções”.

João Lourenço assegurou ainda que o Presidente português pode contar com o apoio possível da parte angolana para que, de algum modo, se ajude a minimizar o sofrimento das vítimas.


Contestações na Sonangol à Gestão de Isabel dos Santos Levam a Pensar Que o Seu Fim Esteja Para Breve

Isabel dos Santos manifestou “orgulho” na obra do pai e relativizou problema da corrupção em Angola, numa altura em que a sua gestão enfrenta contestações na Sonangol. Já há quem acredite que o seu fim esteja para breve.

A presidente da petrolífera angolana fez os pronunciamento num evento promovido pela Thomson Reuters em Londres. Isabel dos Santos reconhece que o seu país tem desafios por ultrapassar, mas também tece um rasgado elogio ao seu pai: “O Presidente dos Santos tem uma história fantástica, é um grande líder para África”.

Um pai que antes de abandonar o poder ainda conseguiu exarar Decretos que lhe conferem mais poderes na mais importante empresa pública de Angola, a Sonangol. Mas na empresa há quem não esteja contente com isso nem com a sua gestão.


Fotos da Cidade de Luanda Capital da República Popular de Angola

Fotos SkyscraperCity


Situação das Ravinas e Chuvas Torrenciais Ameaçam Mbanza Congo-Património da Humanidade

O município de Mbanza Congo, na província do Zaire, corre o risco de ficar isolado dos restantes devido à situação das ravinas, ameaçadas pelas chuvas torrenciais que têm caído na região nos últimos dias, informa a Lusa.

Segundo a mesma fonte, a informação foi avançada hoje pelos Serviço de Proteção Civil e Bombeiros daquela província e as autoridades tradicionais referem que desde o início do período de chuvas, em setembro, quatro pessoas morreram e 338 famílias – o correspondente a 2.028 pessoas -, ficaram desalojadas, consequência igualmente da progressão das ravinas


Para a Conservação da Biodiversidade Moçambique Muda 3.108 Animais Bravios Para a Reserva Especial do Maputo

A Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) translocou 3.108 animais bravios para a Reserva Especial do Maputo (REM) e Parque Nacional do Zinave (PNZ) desde o início do ano, no âmbito de um projeto para a conservação da biodiversidade em Moçambique.

A alocação de animais para estas duas áreas de conservação, em franco desenvolvimento, é parte integrante de uma iniciativa do governo moçambicano em parceria com a Fundação para os Parques da Paz (PPF).


Prevista a Paralisação da Fábrica de Cimentos do Cuanza Sul por Falta de Combustível

A fábrica de cimento da província do Cuanza Sul informou hoje as autoridades que prevê a paralisação dos trabalhos a 01 de Novembro, devido à falta de fornecimento de combustível.

Aquela unidade industrial escreveu à direção provincial da indústria do Cuanza Sul a dar conta da situação, que se arrasta desde janeiro deste ano, e que se junta a outros problemas que o setor está a atravessar no país, fazendo disparar o preço do cimento.

Para o funcionamento daquela fábrica é necessário combustível do tipo HFO, que serve para a queima de clínquer, matéria-prima para a produção de cimento, bem como para o funcionamento das máquinas.


Isaias Samakuva em Reunião com o Presidente de Angola Apelou ao Diálogo

O líder da UNITA, maior partido da oposição angolana, encorajou hoje o Presidente de Angola, João Lourenço, a manter o diálogo para ultrapassar “muitos problemas que não foram resolvidos” no país.
Isaías Samakuvafalava aos jornalistas, no palácio presidencial, em Luanda, no final da audiência com o novo chefe de Estado angolano, eleito a 23 de Agosto deste último, durante a qual abordou problemas como a desmobilização de ex-militares.