A Partir de 15 de Agosto Entra o Serviço de Transporte Marítimo Inter-Ilhas em Cabo Verde

O serviço de transporte marítimo inter-ilhas em Cabo Verde entra em operação a 15 de agosto, disse  o ministro do Turismo e Transportes e Ministro da Economia Marítima, José da Silva Gonçalves.

“Já temos uma solução perfilada [para o transporte inter-ilhas com navios] que começa a operação efetiva a 15 de agosto. É uma solução que vai ligar todas as ilhas num só circuito”, disse José da Silva Gonçalves.

O governante, que falava à margem da assinatura Memorando Específico de Cooperação (MEC) entre Portugal e Cabo Verde para a economia marítima, lembrou que, no início do ano, foi assinado o acordo de concessão única de transportes marítimos com a portuguesa Transinsular, que assume o papel de parceira estratégica.

Com este acordo, a operadora portuguesa detém 51% da Cabo Verde Inter-Ilhas, empresa criada na sequência da concessão do serviço marítimo, enquanto os restantes 49% estão nas mãos de armadores cabo-verdianos.

O governante explicou que, até hoje, os transportes marítimos no arquipélago apenas existiam onde os operadores entendiam e lhes convinha em termos comerciais. “As áreas que não têm apetência económica e rentabilidade ficavam mal servidas”, salientou o ministro cabo-verdiano.


Pela 19ª Semana Consecutiva a Previsão para a Economia Brasileira Continua em Queda

A estimativa do mercado financeiro para o crescimento da economia brasileira este ano continua em queda. Segundo o Boletim Focus, do Banco Central, a projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) desta vez foi reduzida de 0,85% para 0,82%. Foi a 19ª queda consecutiva.

Para 2020, a expectativa é que a economia tenha crescimento maior – de 2,20% -, a mesma da semana passada. A previsão para 2021 e 2022 permanece em 2,50%.

A estimativa de inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), se manteve em 3,80% este ano. 

A meta de inflação de 2019, definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), é de 4,25%, com intervalo de tolerância entre 2,75% e 5,75%.

A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2020 é de 3,91%. A meta para o próximo ano é de 4%, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.


Manifestação Defronte da Embaixada lusa em Luanda Para Contestar Aumentos das Propinas

A Embaixada de Portugal em Angola será alvo, hoje, Sextafeira, 5 de Julho, de uma manifestação de encarregados de educação de estudantes que frequentam a Escola Portuguesa de Luanda.

A concentração, cuja convocação já foi apresentada ao Governo Provincial de Luanda, tem como base os constantes incrementos feitos nas propinas da instituição, encaradas pelos encarregados como abusivas, por desrespeitarem os princípios que norteiam a cooperativa que gere a Escola Portuguesa de Luanda.

Em Julho do ano passado, segundo apurou OPAÍS, os encarregados de educação pagavam uma propina trimestral avaliada em 240 mil Kwanzas, a razão de 80 mil por mês, valor este que foi aumentado para 260 mil Kwanzas em Setembro do mesmo ano.

“Em Dezembro, ainda do ano passado, propuseram um novo aumento, de 260 para 280 mil, trimestralmente. Este aumento foi aprovado numa assembleia em que houve apenas um voto contra, mas a conclusão a que chegamos é que o orçamento da escola já vai para a assembleia fechado”, contou um encarregado, acrescentando que “a escola é uma cooperativa, somos todos sócios, por isso, não nos podem impor propinas.


Entre Agosto de 2018 e Maio Deste Ano Registaram-se em Angola na Época Balnear 526 Mortes por Afogamentos

Angola registou um total de 526 afogamentos na última época balnear, entre Agosto de 2018 e maio deste ano, uma realidade que “continua preocupante”, revelou o Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB).

Segundo o responsável da Direcção de Resgate e Salvamento do SNPCB, subcomissário bombeiro João Ambrósio, “a situação continua preocupante, atendendo ao número de mortes por afogamento que se verificaram ao longo da época balnear”.

No período em referência, foram notificadas um total de 734 ocorrências diversas, menos 265 comparativamente ao período homólogo.

Do total de afogamentos, 244 mortes foram registadas em rios, 151 em praias marítimas, 126 em cacimbas (poços de água), tanques, lagoas, inundações, fossa séptica e reservatórios de água, e cinco outras em piscinas.

A província de Luanda, capital do país, foi a que registou o maior número de afogamentos, com 80 óbitos, seguindo-se Benguela (48), Huambo (60), Bié (45), Lunda Norte (37), Namibe (30), Huíla (28) e Cuanza Sul (29).


Segundo a Agência Moody’s, Angola Está Entre os Países Africanos Com Mais Consolidação Bancária

A onda de fusões e aquisições que está a varrer os mercados bancários da África subsaariana é positiva, do ponto de vista do crédito”, lê-se numa análise da Moody’s a este setor.

De acordo com o relatório, enviado aos clientes e a que a Lusa teve acesso, “em Angola, o regulador está a levar a cabo uma análise da qualidade dos ativos dos bancos, que deverá estar concluída até ao final do ano, e deverá levar a um movimento de consolidação dentro do sistema bancário nos próximos dois anos”.

No documento, a Moody’s diz que, em termos globais na região, “o número de bancos pequenos e ineficientes está a cair, enquanto os maiores bancos continuam a crescer sustentadamente, fazendo emergir bancos com perfis de crédito mais fortes”.

Apesar de prever um crescimento “estagnado” em países como Angola, Nigéria e África do Sul, a Moody’s diz que são estas circunstâncias que empurram os bancos para “procurar sinergias e economias de escala através de fusões e aquisições”.


Energia Eléctrica Agravada em 81,99% Para as Empresas Industriais a Operar em Angola

As empresas industriais a operar em Angola vão ter a sua factura de energia eléctrica agravada em 81,99% quando no dia 15 de Julho corrente entrar em vigor Novo Regime Tarifário da Energia Eléctrica, noticiou a imprensa angolana.

As empresas industriais a operar em Angola vão ter a sua factura de energia eléctrica agravada em 81,99% quando no dia 15 de Julho corrente entrar em vigor Novo Regime Tarifário da Energia Eléctrica, noticiou a imprensa angolana.

De acordo com o Mercado, a entrada em vigor do novo tarifário, que deveria ter ocorrido dia 24 de Junho passado, foi adiada para 15 de Julho “por razões técnicas e operacionais das instituições responsáveis por assegurar este procedimento”, segundo um comunicado do Ministério das Finanças.

Portal de Angola

 


António Costa Afirmou Hoje Que Portugal Vai Estar na 1ª Linha na Reconstrução de Moçambique

O primeiro-ministro português afirmou hoje que Portugal quer estar na primeira linha do apoio à reconstrução e desenvolvimento das regiões moçambicanas atingidas pelos ciclones, numa intervenção em que salientou a importância do combate às alterações climáticas.

António Costa deixou esta nota de empenhamento na cooperação com Moçambique no final da IV Cimeira Luso Moçambicana, que decorreu no Palácio Foz, em Lisboa.

Tendo ao seu lado o chefe de Estado de Moçambique, Filipe Nyusi, António Costa expressou “a solidariedade de Portugal em relação a todos os moçambicanos que foram vítimas ou sofreram grandes prejuízos na sequência dos ciclones Idai e Kenneth.

“Portugal, através das suas Forças Armadas, dos seus serviços de proteção civil e de emergência médica, teve a oportunidade de estar na primeira linha da resposta de emergência.

Quero aqui manifestar a total disponibilidade e empenho em continuarmos na primeira linha agora na fase da reconstrução”, salientou António Costa.

Neste contexto, o primeiro-ministro português referiu-se em particular a um dos 13 acordos bilaterais hoje assinados entre os dois países e que se relaciona com a constituição de um fundo de apoio à reconstrução das zonas moçambicanas atingidas pelos ciclones.


O Presidente João Lourenço Afirmou Que o Combate Conjunto de Angola e Cuba Levou à Abolição do Regime do Apartheid na África do Sul.

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou ontem, em Havana, que o combate conjunto de Angola e Cuba contribuiu decisivamente para contrariar a agressão das forças externas que pretendiam pôr em causa a soberania e integridade de Angola, bem como para acelerar a Independência da Namíbia e pôr fim ao regime racista na África do Sul.

Discursando na prestigiada Universidade de Havana, onde estudam jovens angolanos, reconheceu que os internacionalistas cubanos constituíram “uma importante força de dissuasão contra aqueles que pretendiam impedir a libertação dos povos angolano, namibiano e sul-africano”.

João Lourenço, que efectua a sua primeira visita de Estado a Cuba, considerou a África Austral, durante décadas, como tendo sido uma das zonas de maiores conflitos do planeta.

“É hoje uma região completamente livre do colonialismo, com democracia e em franco desenvolvimento económico e social”, afirmou. Sobre o contributo de Cuba a Angola, o Presidente da República afirmou que o povo angolano continuará grato aos “heróicos combatentes cubanos que tantas vezes com o sacrifício das suas próprias vidas, atravessaram o Atlântico” para defenderem os mais elevados valores do ser humano.


O Ministério dos Transportes Angolano Vai Avançar Com a Privatização da Gestão de Alguns Aeroportos

O documento divulgado no VI Conselho Consultivo do Ministério dos Transportes que decorreu na semana passada no Instituto Superior de Gestão Logística e Transportes (ISGEST) revela que, para já, a SGA-SA, empresa de capital estatal, assumirá a gestão de parte do parque nacional de aeroportos.

O Ministério dos Transportes vai avançar mesmo com a privatização da gestão de alguns aeroportos. A ideia é separar a gestão operacional da gestão de infra-estruturas. O documento divulgado no VI Conselho Consultivo do Ministério dos Transportes que decorreu na semana passada no Instituto Superior de Gestão Logística e Transportes (ISGEST) revela que, para já, a SGA-SA, empresa de capital estatal, assumirá a gestão de parte do parque nacional de aeroportos.

Contudo, o órgão de tutela prevê a revisão do Decreto Presidencial nº76/14 de 2 Abril – Delimitação de Sectores da Actividade Económica -diploma legal que definiu que a exploração de serviços aeroportuários pode ser exercida por empresas ou entidades não integradas no sector público, vai definir a entidade que representa o Estado como concedente, vai definir os termos e constituição da nova rede aeroportuária, bem como vai ajustar o regime de Parcerias Público Privadas, consagrado na Lei nº11/19 de 14 de Maio. Vai também ajustar e rever o regime de tarifas aeroportuárias que é regulado pelo Decreto Executivo Conjunto nº494/15, de 24 de Julho.


João Lourenço Defendeu Incremento da Cooperação Científica com Cuba

O Presidente da República, João Lourenço, defendeu nesta segunda-feira, em Havana, o aprofundamento da cooperação entre as instituições académicas e científicas de Angola e Cuba, a fim de permitir uma melhor inserção competitiva dos dois países na economia internacional.

Numa aula magna realizada na centenária Universidade de Havana (fundada a 5 de Janeiro de 1728), João Lourenço afirmou que o aprofundamento da cooperação entre as instituições académicas e científicas joga um papel decisivo na promoção do diálogo com o sector produtivo e pode assegurar uma maior oferta de empregos.

Afirmou que o futuro das relações com Cuba passa pelo incremento da mobilidade de académicos e investigadores, realizando projectos conjuntos, orientados para resolução dos problemas das populações e das empresas, tendo em vista à promoção do emprego.